Entre dramas e animações

Entretenimento
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

WiFi Ralph – Quebrando a internet

Foto: Divulgação

O ano novo começou e, com ele, as novidades do mundo cinematográfico para alegrar toda a família no primeiro circuito de 2019, com animações, dramas, suspenses e um terror que traz no roteiro um assunto bastante atual. 

Duas animações de estilos distintos abrem a lista de lançamentos da semana. “WiFi Ralph – Quebrando a internet” foi produzido pela Walt Disney Animation Studios e lançado pela Walt Disney Pictures. O longa de animação tem direção de Rich Moore, Phil Johnston, e é uma sequência de “Detona Raplh” (2012). Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua fiel companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no “Fliperama Litwak” – trama do primeiro filme –, a dupla viaja para um universo expansivo e desconhecido da internet. Dos mesmos criadores de “Frozen”, estima-se que “WiFi Ralph” se aproxime da milionária bilheteria do último grande sucesso da Disney. 

Dragon Ball Super: Broly

Foto: Divulgação

“Dragon Ball Super: Broly”, o novo filme da franquia traz a história de um saiyajin que já havia sido apresentado há 25 anos, no filme “Dragon Ball Z: O Poder Invencível”, Broly é um dos saiyajins mais poderosos da história, que cresceu odiando o Goku e se tornou um dos seus principais rivais. A animação japonesa tem a direção de Tatsuya Nagamine, o design de personagens e o roteiro são do criador, Akira Toriyama.

Lizzie

Foto: Divulgação

Exibido pela primeira vez no Festival de Sundance de 2018, o suspense dramático “Lizzie” é protagonizado por Chloe Sevigny e Kristen Stewart, e acompanha a notória assassina Lizzie Borden, acusada de ter assassinado seu pai e sua madrasta, em agosto de 1982. Lizzie foi julgada e absolvida do crime e ninguém foi condenado. Stewart interpreta Bridget Sullivan, uma empregada que secretamente desenvolve uma relação íntima com Lizzie. O filme tem direção de Craig William Macneill, de “Boneco do Mal” e “Channel Zero”, e roteiro de Bryce Kass. O elenco tem ainda Kim Dickens, Fiona Shaw e Denis O’Hare. 

A Nossa Espera

Foto: Divulgação

O drama franco-belga “A Nossa Espera” conta a história de Olivier, interpretado por Romain Duris, um politizado funcionário de uma fábrica onde costuma comprar as brigas de seus colegas com seus superiores. Certo dia, ele é subitamente surpreendido com o desaparecimento de sua esposa. Sem saber o que de fato ocorreu, ele precisa conciliar a vida estressante no trabalho com a criação dos filhos, enquanto aguarda novidades sobre o sumiço da mulher. O longa foi selecionado para a Semana da Crítica em Cannes 2018, tem direção e roteiro de Guillaume Senez, e traz ainda Laure Calamy, Laetitia Dosch e Lucie Debay no elenco. 

Meu Querido Filho

Foto: Divulgação

Do diretor Mohamed Ben Attia, o filme “Meu Querido Filho” se passa na Tunísia atual, retratando a família de Riadh, um homem que está prestes a se aposentar. Ele e a esposa, Nazli, têm as atenções voltadas para o único filho, que está se preparando para os exames do ensino médio. Mas as rotineiras crises de enxaqueca do jovem deixam o casal sempre em alerta. Quando tudo parece estar melhor, o rapaz desaparece de repente. O filme teve sua estreia mundial no Festival de Cannes deste ano, e foi muito bem recebido pela crítica. É um drama familiar bem controlado, trazendo questões contemporâneas. O filme é um estudo intenso dos personagens, com as atuações de Zakaria Ben Ayyed, Mouna Mejri, Imen Cherif e Mohamed Dhrif. 

O Manicômio

Foto: Divulgação

Para encerrar as estreias da semana, o primeiro filme de terror lançado no Brasil neste ano. O alemão “O Manicômio” traz um grupo de Youtubers que entra ilegalmente na antiga clínica de Heilstätten, um manicômio abandonado perto de Berlim, para um desafio de 24 horas com o objetivo de viralizar o vídeo produzido no local e conseguir mais seguidores. Porém, não demora muito para eles descobrirem que não estão sozinhos e que não são bem-vindos ali. O desafio de entreter se transforma em um desafio de sobrevivência. A direção é de Michael David Pate, e traz os atores Nilam Farooq, Tim Oliver Schultz, Sonja Gerhardt e Emilio Sakraya no elenco.