O retrato musical de uma época

Entretenimento
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Pedro de Luna traça em seu novo livro um panorama da cena musical carioca e niteroiense dos anos 90 e 2000 através de suas memórias como testemunha do período

Foto: Divulgação

Aqueles que viveram a virada dos anos 80 para os 90 e dos 90 para os 2000 terão uma overdose de recordações através de um momento nostálgico que os deixarão com a pulga atrás da orelha, garante o escritor Pedro de Luna aos leitores de seu sexto livro “coLUNAs”, que será lançado nesta sexta (14), no Convés, das 22h às 3h, em comemoração ao Dia Mundial do Rock, com shows das bandas Pedro Marzano, Projeto Secreto, Gilber T e Os Latinos Dançantes e os DJs da Rootscidade.  

O livro registra por data, mês e ano os principais acontecimentos culturais e esportivos desses dois períodos, com fotos de seu próprio acervo pessoal sobre as festas, shows, festivais, campeonatos de surf, skate e bodyboard, lançamentos de discos e outras lembranças.

“Livros como esse são uma forma de preservar a história da própria cidade. Ao comparar duas décadas distintas, ‘coLUNAs’ mostra um período de ouro na indústria fonográfica, com bandas vendendo um milhão de discos, tocando em rádios e na MTV Nesse período, o audiovisual se dividia em cinema, VHS e DVD. Em contrapartida, um outro cenário onde as bandas se comunicavam pelas mídias sociais, gravando e lançando seus próprios CDs, sem medo do mp3. Anos depois, observa-se o DVD entrando em declínio e os cinemas de rua sendo demolidos”, conta o autor. 

A obra compila e estuda colunas dos anos 90 e 2000 e tem a expectativa de despertar as memórias adormecidas  dos leitores, que percebem como a cena cultural e esportiva mudou nesses anos.

“Quando resolvi publicar mais um livro sobre a história do cenário de Niterói, São Gonçalo e do Rio, tinha o objetivo de documentar, mas também de analisar, as transformações de uma década para outra”, revela o autor, que vê as duas gerações repletas de diferenças. “Uma está na casa dos 40 anos e a outra tem por volta de 30. A primeira usou telefone fixo com três dígitos no prefixo, pager e fax, gravou fitas K7, tirou fotos com filme para depois revelar. A outra usava e-mail, rede social, gravava CD-R, fotos e vídeos digitais. Mesmo com tantas diferenças, as duas gerações poderão encontrar recordações no livro”, afirma.

A obra traz fatos marcantes, como o primeiro show do Planet em Niterói e o único do Raimundos na cidade. O livro traz, também, memórias dos shows nos anos 90 que aconteciam por todos os bairros de forma bastante eclética, juntando forças e levando seus equipamentos a cada evento. Já nos anos 2000, há uma segmentação por gêneros musicais, os equipamentos são alugados pelo produtor e grupos novos começam a pagar para abrir shows de grupos já consolidados. 

Também há os diferentes momentos nos circuitos estudantis (no final dos anos 90 aconteciam festas de escolas e universidades, no final dos anos 2000 há uma grande apatia).
O livro ainda constata, por exemplo, que nos anos 90 surgiram as feiras de moda alternativa (Mercado Mundo Mix e Babilônia Feira Hype) e os festivais de música para promoção de marcas, como o Free Jazz, o Fest Valda, o Skol Rock, o Close Up Planet.

A militância do autor na área cultural da cidade começou nos anos 90, quando cursava Comunicação Social na UFF. Nessa época, Pedro de Luna foi convidado a escrever uma coluna semanal em um jornal de Niterói. “Como em todos os meus cinco livros publicados, tudo começou com uma pesquisa do meu próprio acervo. Fui colunista do de 1996 a 1998 e, depois, de 2008 a 2009, e vi uma diferença incrível. Como guardei todas as colunas e entrevistas que publiquei, achei interessante compartilhar esse acervo”, comenta.

O livro “coLUNAs”, será lançado pela sua própria editora ao lado do shows com as bandas da cidade.  Dentre elas: Pedro Marzano, nascido em Niterói, cantor e instrumentista, dono de trabalhos com as bandas Projeto Coletivo, Bow Bow Cogumelo, Audiometranca e Caixa Baixa. 

A banda Projeto Secreto, que surgiu em 1997, em Niterói, e encerrou as atividades em 2011, lançou um EP, “Mas a sempre pessoas dispostas a dar importância a coisas que não tem nenhuma”, e participou de diversos shows e festivais, voltará aos palcos, exclusivamente por essa noite para o evento. 

Haverá, ainda, a participação de Gilber T, nascido em São Gonçalo, no início dos anos 70, desde muito novo influenciado pelas músicas que saiam na vitrola de seu pai. Hoje compositor, guitarrista e produtor, o artista será acompanhado pela banda Os Latinos Dançantes no evento, que ainda contará com a presença dos DJs da Rootscidade antes, depois e nos intervalos. 

O Convés Rua Cel. Tamarindo 137, Gragoatá, Niterói. Censura: 18 anos. Preço: R$ 20. Livro: R$ 40. Telefone: 3026?6321.