NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Uma homenagem de neta para avó

Luisa interpreta a prostituta Neusa Sueli, que vive explorada pelo amante e cafetão, Vado

Divulgação

Há mais de 50 anos, Tônia Carrero estreava a peça “Navalha na Carne”, de Plínio Marcos, interpretando a personagem Neusa Sueli. O espetáculo chega amanhã a Niterói como uma homenagem de sua neta Luisa Thiré, que, na nova montagem, estrela a prostituta antes encenada por sua avó. 

Em busca de um texto para homenagear a avó, a atriz Luisa Thiré releu diversos textos encenados por Tônia Carrero. Ao se deparar com a atualidade de “Navalha na Carne”, não teve dúvidas na escolha. 

“Quando li, fiquei chocada com a atualidade deste texto, que foi escrito há 50 anos. A Neusa Sueli é uma personagem clássica, uma das mais importantes e conhecidas do universo do Plínio Marcos. A Neusa atravessou esse tempo todo, esses anos, e a gente vê ela na rua, abrimos o jornal e Instagram e lá estão as Neusas”, aponta Luisa. 

O espetáculo conta a história de uma prostituta decadente explorada por Vado, seu amante e cafetão. Um dia, o dinheiro que a prostituta costuma deixar para Vado em cima do criado-mudo é furtado. O cafetão inicia uma confusão ao notar a falta do dinheiro. Os dois desconfiam do faxineiro Veludo, que possuía livre acesso ao local, e o chamam para desvendar o mistério do furto. 

“Foi com essa personagem que minha avó mostrou que não era só uma mulher linda, glamorosa e poderosa. Os papéis anteriores a esse que ela tinha feito eram de mulheres deslumbrantes. Com esse espetáculo, ela se despiu da vaidade, engordou oito quilos, não usava maquiagem e vestia um trapo. A crítica teve que se render ao talento dela. Ela, inclusive, ajudou a liberar o texto, que estava preso pela censura”, revela a atriz.

A exposição “Tônia Carrero”, na Sala Carlos Couto – anexa ao Teatro Municipal, faz parte da homenagem. Na mostra, em cartaz de 16 de março a 30 de abril, assinada por Teca Nicolau, será possível conferir o legado da atriz através de fotos, revistas, cartas, recortes de jornais, bilhetes da própria e assinados por amigos da artista, troféus, quadros, figurinos e condecorações. 

O Teatro Municipal de Niterói fica na Rua Quinze de Novembro, 35, Centro, Niterói. Amanhã, às 20h. Dias 15, 16, 17, 22, 23 e 24 de março. Sextas, às 20h. Sábados e domingos, às 19h. Preço: R$ 60. Classificação indicativa: 16 anos. Telefone: (21) 2620-1624.

Scroll To Top