Uma relação complicada entre pai e filho em cena

Entretenimento
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O texto inédito é de Renata Mizrahi e a direção de Alexandre Contini

Foto: Divulgação

Desta quarta (23) até domingo, sempre às 19h, acontecem as últimas apresentações do espetáculo “Colisão”, no Teatro Glauber Rocha, no centro do Rio de Janeiro. O texto inédito é de Renata Mizrahi e a direção de Alexandre Contini.

A peça trata da relação entre um ator de meia idade em crise com seu filho de 17 anos, que viveu com a mãe durante muitos anos depois da separação do casal. Após a morte da mãe, o filho volta a conviver com o pai por um curto período de tempo até completar 18 anos e sair do país para fazer um intercâmbio, fato que surpreende o pai que esperava poder reatar a relação com o filho. Esse acontecimento traz à tona mágoas guardadas, provoca conflitos de gerações e embates entre os personagens que se veem forçados a rever essa relação por uma outra perspectiva que os leva a repensar tudo o que viveram e olhar para o futuro a partir de um outro ponto de vista. Junto deles há uma vizinha de temperamento otimista e bem- humorado que sempre esteve presente na vida desse pai lhe dando apoio e que nutre a esperança de viver com ele uma relação que vá além da amizade. A vinda deste filho também acaba por fazê-la lançar um novo olhar sobre sua vida e sobre as expectativas que ela criou causando nela um forte desejo de mudança.

Essa história é contada através de diálogos dinâmicos com grandes doses de humor e leveza, sem perder de vista a profundidade e a seriedade dos conflitos gerados por esse reencontro entre pai e filho que viveram distantes durante tanto tempo a ponto de terem se tornado praticamente estranhos um ao outro.

O Teatro Glauber Rocha fica na Avenida Rio Branco, 179, no Centro do Rio de Janeiro. Quarta a domingo, às 19h. Preço: R$ 40 (inteira). Classificação: 12 anos. Telefone: 2220-0259.