Alemanha e França duelam em Marselha

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Alemanha e França fazem um dos principais clássicos do futebol mundial hoje, às 16h(de Brasília), no Estádio Velódrome, em Marselha, em um jogo que vem sendo chamado de final antecipada da Eurocopa, embora seja válido pela semifinal. Os alemães enfrentaram um duelo muito complicado nas quartas, quando despacharam a Itália nos pênaltis, após empate por 1 a 1. Já os anfitriões não tiveram grandes problemas para fazer a zebra Islândia retornar para casa: 5 a 2, fora o baile.

Os dois treinadores sabem que essa semifinal será marcada por muito equilíbrio e por isso evitam dar maiores detalhes sobre suas estratégias.

“Vai ser mais uma batalha, daquelas que qualquer coisa pode acontecer. A França tem uma baita seleção, vem crescendo muito nos últimos anos, joga em casa e só pensa na festa do título. Vamos precisar atrapalhar esses planos”,  disse Joachim Löw, técnico da Alemanha.

Já Didier Deschamps, comandante da França, tenta colocar o favoritismo do lado adversário.

“A Alemanha é a principal seleção do momemnto, é a campeã do mundo e tem o melhor time na atualidade. Logicamente que carrega com ela o favoritismo, pois nesta Eurocopa segue dando suas demonstrações de força. Mas essa semana é muito importante para a França e não nos imaginamos longe desta decisão. Queremos muito conquistar essa bEurocopa e isso pede grandes desafios como, por exemplo, tentar eliminar a campeã do mundo”, disse Deschamps, que não tem problemas para escalar seu time e vai repetir a escalação das quartas.

Já a Alemanha tem muitos desfalques. O zagueiro Mats Hummels, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, fica de fora e seu lugar será de Jonathan Tah. O volante Sami Khedira, com lesão na virilha direita, fica de fora da semifinal.