Atlético e Cruzeiro fazem o clássico mineiro do Brasileiro

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Atlético e Cruzeiro estão quase juntos na tabela de classificação: o alvinegro tem 13 pontos, na 14ª colocação enquanto os celestes tem 14 tentos na 10ª posição. O momento de ambos, entretanto, é bem diferente. As equipes se enfrentam neste domingo (01), às 16h, no Independência, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Galo com o sonho de mudar o cenário enquanto a Raposa quer seguir em crescimento.

O mandante da partida vive um momento turbulento. As críticas pesam no trabalho do técnico Roger Machado que luta para colocar seu melhor time em campo - e trabalha mais ainda contra os problemas com o departamento médico. Já o Cruzeiro, embora não apresente tanta diferença de pontos para o Galo, não vive um momento tão turbulento. Alias, tem até certa tranquilidade diante das últimas apresentações da equipe, com bons jogos contra Grêmio e Coritiba.

Para o jogo, o Galo vai a campo com o que tem de melhor. Isso, porém, não significa que está livre das contusões e desfalques. Na direita, o volante Yago seguirá sendo improvisado, pois Marcos Rocha, Carlos César e Alex Silva estão no departamento médico. No meio, Rafael Carioca levou o terceiro cartão amarelo e também está fora, Adilson deve ocupar a vaga. Com isso, a única alteração em relação ao time que venceu o Botafogo, nessa quinta-feira, pela Copa do Brasil, será essa: Adilson por Carioca.

Pelo lado azul, o técnico Mano Menezes deve respeitar o momento de um jogador. O zagueiro Caceido vive problemas de saúde na família - algo que não foi divulgado - e o atleta não vai para a partida. Diante disso, ainda com Manoel e Dedé longe dos gramados, Murilo deve ser a opção.

Esse, no entanto, deve ser o único problema do técnico Mano Menezes. A equipe será basicamente a mesma que atuou contra o Palmeiras, no empate por 3 a 3, em São Paulo, pela Copa do Brasil.