NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Auxiliar diz que Tite tem time definido

Cléber Xavier disse que Brasil vai ter que correr contra o tempo

Douglas Macedo

A primeira coletiva da Seleção Brasileira na Granja Comary, em Teresópolis, foi concedida por Cléber Xavier, auxiliar do técnico Tite. O profissional falou sobre o que espera do período de preparação para a Copa América e das dificuldades com o pouco tempo que a equipe terá para os treinamentos, já que o time só estará completo na próxima semana, perto do amistoso contra o Catar no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, no dia 5 de junho.

Reconhecendo as dificuldades em ter a seleção completa apenas na próxima semana, ora por decisões dos campeonatos nacionais na Europa, além da decisão na Liga dos Campeões, Cléber disse que a comissão técnica vai ter que correr contra o tempo. Mesmo assim, o técnico Tite já tem a equipe titular definida para a estreia da Copa América.

“Nós trabalhamos com uma espinha dorsal e temos algumas definições. Obviamente que gostaríamos de ter toda a equipe reunida, o que só deverá acontecer na próxima semana ou na outra. O que temos que fazer é trabalhar ao máximo com os atletas que aqui estão, condicionando-os e preparando-os para o planejamento que queremos”, explicou Cléber.

O auxiliar ressaltou ainda que os amistosos da seleção contra o Catar e Honduras têm uma característica peculiar e que considera os hondurenhos como os adversários mais difíceis. A razão foi a troca recente do treinador da equipe. Chegou para comandar a seleção o técnico Fabián Coito.

“Além da força física, Honduras está motivada com a chegada do treinador, então estamos atentos a esses detalhes. Mesmo sendo um amistoso, queremos colocar muitas coisas em prática visando o início da Copa América”, disse Xavier, ressaltando que a Venezuela é uma das seleções que merecem atenção na competição.

Treino – Para a manhã desta quinta, a comissão técnica programou um treino físico divido em duas partes: academia e campo. Dos atletas que já haviam se apresentado, apenas Casemiro não participou integralmente dos treinos, porque seguiu um cronograma especial no centro de preparação em Teresópolis.

No treino programado para a tarde desta quinta-feira, às 16h, o atleta destinado ao trabalho diferenciado será Fernandinho. Enquanto isso, os demais convocados serão submetidos aos trabalhos em campo com o foco na recuperação e no condicionamento físico dos atletas.

Cabeça de chave do Grupo A, o Brasil terá pela frente a Bolívia na abertura da 46ª edição da Copa América, dia 14 de junho, no Morumbi, em São Paulo. Depois, Tite e seus comandados medirão forças com a Venezuela, dia 18, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e Peru, na Arena Corinthians, também na capital paulista, no dia 22. As duas melhores equipes de cada chave e os dois melhores terceiros avançam para as quartas de final.


Scroll To Top