NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Brasil leva dois ouros na Universiade 2019

Começou oficialmente hoje, 4, a 30ª Universiade de Verão, que está sendo realizada em Nápoles, na Itália. Neste ano, o Brasil está presente com uma delegação de aproximadamente 190 pessoas e disputará sete modalidades: futebol, vôlei, natação, atletismo, ginástica artística, judô e taekwondo.

Durante todo dia, atletas da natação e judô brilharam nas competições. A primeira medalha, de bronze, foi no judô na luta do atleta Gustavo Assis, contra Iure Mocanu, da Maldávia. “Não tenho palavras. Estou feliz com o resultado e mais ainda com meu desempenho. Agora é acompanhar o resto da equipe, torcer e vibrar. Acredito muito neles, que por mais que sejam jovens, estão com muita vontade de vencer. Se preparem porque vem muita medalha por ai”, comemora Assis.

Na natação, com casa cheia, o quarteto Luiz Gustavo Borges, Gabriel Ogawa, Marco Antônio Junior e Felipe de Souza, garantiram prata no revezamento 4x100m livre. Eles classificaram com o terceiro melhor tempo, na parte da manhã. Luiz Gustavo Borges conta um fato curioso que aconteceu durante a prova. “Dei uma olhada no placar e achei que estávamos em sexto lugar. Ficamos muito felizes. Sabiamos que o ouro seria difícil, porque Estados Unidos veio muito forte. O resultado me deixou feliz. É minha primeira seleção adulta, minha primeira prova com esses caras, podendo trazer medalha pro Brasil. Estou feliz em representar o Brasil’, comemora o atleta.

Neste sábado, as competições continuam no segundo dia de Universiade, com mais competições de natação, judô, vôlei masculino e feminino, futebol feminino e masculino.  

A Universíade de Verão é uma competição universitária que acontece a cada dois anos e é o segundo maior evento poliesportivo do mundo, ficando atrás apenas dos Jogos Olímpicos. Apesar da 30ª edição ter Napoli como cidade-sede, os jogos também serão realizadas em Caserta e Salerno e contemplam 18 modalidades: atletismo, basquete, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, natação, polo aquático, rugby 7, saltos ornamentais, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, tiro esportivo, vela e vôlei. São esperados cerca de 8 mil atletas universitários de mais de 127 países. Neste ano, o Brasil estará presente com uma delegação de aproximadamente 190 pessoas e disputará sete modalidades: futebol, vôlei, natação, atletismo, ginástica artística, judô e taekwondo. 

Scroll To Top