NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Circuito estadual de SUP define seus campeões

Jeffersson Gaudard ficou em terceiro no ranking geral do circuito

Foto: Divulgação

Mais um ano se encerra com chave de ouro para os atletas e amantes do Stand Paddle do Rio de Janeiro. 

O ano que contou com um ótimo circuito, somando quatro etapas no total (tendo uma de descarte), definiu esse mês os melhores atletas do ano na modalidade. 

As categorias foram divididas em Fun Race (masculino e feminino), Fun Race-Master (masculino), Race Amador(masculino), Race Amador-Master (masculino e feminino), Race Pro (masculino e feminino), Race 14 (masculino), Unlimited (masculino). 

Foram diversos nomes de peso e dezenas de revelações e destaques, que treinaram com muita dedicação para se manterem entre os melhores do estado. 

Niterói não poderia ficar de fora nessa briga e teve destaque em uma das principais categorias do evento, a Race Pro Masculino e feminino, onde o atleta e salva-vidas niteroiense Jeffersson Gaudard,  se manteve focado e constante durante todo o ano, ocupando a terceira posição do ranking geral do circuito, ficando atrás apenas do campeão Marcio Adriani e o vice Eri Tenorio. No Race Pro feminino, Liliane Martins foi a primeira colocada, deixando a super atleta de Niterói, Ariane Theófilo na segunda posição. 

Mas um orgulho para cidade, foi a niteroiense Deisilane Ferreira, que foi campeã na categoria Race Amador Master 2017. 

A Federação de Stand Up Paddle do RJ é uma entidade sem fins lucrativos e tem como principal objetivo difundir o esporte no estado. 

O SUP teve seu início no final da década de 50 no Hawai e em pouco tempo se transformou em uma das modalidades aquáticas que mais cresce no mundo. 

Para 2018 o circuito promete ser maior fazendo com que atraia cada vez mais atletas de outros estados.  


Scroll To Top