Dia de clássico inglês na terra dos Beatles

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A bola segue rolando no futebol inglês no início de 2018 e além do campeonato nacional, os times começam a decidir os objetivos da temporada nas Copas. Diferente das outras ligas europeias, que param para as festas de fim de ano e do rigoroso inverno, Manchester United, Derby County, Liverpool e Everton entram em campo para a terceira rodada da Copa da Inglaterra.

No Anfield, Liverpool e Everton disputam uma vaga na próxima fase em um clássico da elite inglesa, mas Jurgen Klopp não terá dois dos seus principais jogadores em campo. Lesionados, Philippe Coutinho e Mohamed Salah serão desfalques dos Reds, que vivem um bom momento no Inglês, com três vitórias consecutivas nos últimos jogos.

Apesar dos desfalques, Karius será o titular e a principal contratação do Liverpool na janela deste meio de temporada, Virjil van Dijk, pode estrear com a camisa do novo clube. Klopp não confirmou a presença, mas ressaltou que o defensor está em plenas condições de jogar.

“A situação de Virgil é diferente, porque ele está saudável, em condições e agora tenho que tomar uma decisão para este jogo. Ainda tenho que ver o que fazer com ele”, disse o treinador alemão.

Já os Red Devils terão pela frente o segundo colocado da segunda divisão em Old Trafford. A fase irregular do Manchester United será testada diante do Derby County. Cada vez mais longe do rival City na briga pelo título nacional, os comandados de José Mourinho possuem como alvo para uma conquista nacional a FA Cup. A novidade para o duelo é o retorno de Romelu Lukaku, que sofreu uma lesão na partida diante do Sunderland e ficou de fora da primeira partida das Red Devils no ano, contra o Everton.

Além do artilheiro do time na temporada, o Manchester United terá o retorno de outro atleta que esteve no departamento médico e mudanças promovidas pelo treinador português. Fellaini foi confirmado por Mourinho, assim como Sergio Romero, que costumeiramente atua nas copas, substituindo De Gea. “Romero merece jogar pelo que faz nos treinamentos e por ser um grande goleiro, titular da seleção da Argentina. De Gea merece um descanso também”, disse Mourinho.