Eficiência para não sofrer mais um baque

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Ainda tentando entender a derrota de 3 a 0 para o Santos, o Vasco trabalha para não sofrer um baque parecido no duelo desta quinta-feira, às 20h(de Brasília), diante do América-MG na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na visão dos atletas vascaínos, é fundamental o time ter eficiência para que o Coelho não possa, como fez o Peixe, explorar seus erros.

“O América mineiro vai nos causar problemas. Jogando em casa é um time muito eficiente e cobra isso dos adversários que pretendem ganhar dele em Minas Gerais. Sabemos que precisamos somar pontos, pois perdemos alguns importantes em casa, como contra o Santos. Mas teremos que ser muito eficientes, pois o América vai tentar forçar o nosso erro. Não podemos ficar expostos, mas temos que atacar”, disse o lateral-direito Yago Pikachu, que vem jogando improvisado no meio-de-campo.

O meia Wágner segue a mesma linha de raciocínio. “Vai ser um duelo muito complicado, pois o América mineiro montou um elenco qualificado e tem um grande treinador, o Adilson Batista, com quem já trabalhei. Me parece que o planejamento do adversário será o de jogar no nosso erro. Temos que marcar forte, estar ligado em todos os momentos e ter eficiência”, disse o apoiador.

Nesta quarta-feira o técnico Alberto Valentim vai definir a escalação que pretende utilizar, porém, esta deverá ser divulgada apenas minutos antes do confronto.

Fora de campo a diretoria acertou a contratação do volante Willian Maranhão, de 22 anos, que se destacou pelo Santa Cruz na disputa da Série C do Campeonato Brasileiro.