NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Esperança de títulos na arte suave

Andreza Xavier desponta como uma das grandes atletas da nova geração

Divulgação

A atleta de Petrópolis Andreza Xavier tem apenas dois anos de experiência no jiu-jítsu. Mas se engana quem pensa que esse período é insuficiente para que a lutadora faixa azul da categoria peso-pluma mostrasse todo o seu talento dentro dos tatames. Já são seis títulos em nove campeonatos, entre eles o tão cobiçado Grand Slam de Abu Dhabi, disputado nos Emirados Árabes.

Agora, a atleta se prepara para outro grande desafio: o Rio Winter, que será disputado no próximo dia 15 de junho.

É só olhar um pouco a entrada de Andreza no mundo da luta para perceber que ela nasceu para o esporte. Aos 22 anos, a atleta passava por uma depressão, até que conheceu o mestre e hoje seu grande amigo João Carlos Kanguru. À época, Andreza precisava fazer fisioterapia, até que o jiu-jítsu lhe foi apresentado.

“Eu estava me integrando no esporte como terapia e, pra minha sorte, esse grande mestre kanguru (João Carlos) surgiu na minha vida pra me apresentar o que mais me faz feliz hoje. Foi me incentivando e me motivando a insistir no jiu-jítsu sempre, acreditando em mim, dizendo que eu era um talento, que via futuro em mim. O mestre abriu aulas particulares pra me ajudar, fez um horário só pra mim quando desanimei, insistiu em mim e acreditou até quando eu mesma não acreditava e me fez descobrir esse talento e esse afago que tenho hoje”, disse a atleta emocionada. 

Hoje, morando na Barra da Tijuca por causa de compromissos profissionais, a atleta integra a renomada academia GFTeam e é treinada pelos mestres Moacir Ferreira e Arthur Cesar Gogó. E para continuar firme na luta pelos títulos, a atleta treina diariamente por, no mínimo, duas horas.

“As preparações continuam e estarei buscando cada vez mais”, finalizou a atleta. 

Scroll To Top