NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Flamengo recebe o Fortaleza

Sob o comando interino do técnico Marcelo Salles, a equipe rubro-negra vai ter pela frente o campeão do Nordeste

Alexandre Vidal/Flamengo

Vivendo dias complicados o Flamengo recebe o Fortaleza neste sábado, às 16h, no Estádio Nilton Santos, na abertura da sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro vem de um triunfo de 3 a 2 sobre o Athletico-PR, de virada, no Maracanã, chegando 10 pontos e fechando o G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores. Porém, de lá para cá muita coisa mudou. O técnico Abel Braga, se sentindo desprestigiado pela diretoria, pediu demissão, jogando o clube em uma crise.

A saída de Abel Braga até era planejada pela diretoria, mas apenas na parada das competições nacionais para a disputa da Copa América de junho, no Brasil. O time será dirigido interinamente por Marcelo Salles.

Para agravar a situação o Flamengo terá pela frente um adversário motivado. Apesar de estar com sete pontos, na parte intermediária da tabela de classificação, o Tricolor cearense vem embalado pelo triunfo de 1 a 0 sobre o Botafogo-PB no meio de semana, que rendeu a conquista do título da Copa do Nordeste. O técnico Rogério Ceni sabe que é importante manter os pés no chão apesar da boa fase.

“O pensamento de todos nós é voltarmos do Rio de Janeiro com o nosso time fora da zona de rebaixamento e cada vez mais bem posicionado na tabela de classificação. Temos que pensar em dar um passo de cada vez. Temos uma sequência muito complicada antes da paralisação para a disputa da Copa América e precisamos somar o máximo de pontos possível neste momento”, analisou o treinador do time nordestino.

Marcelo Salles procurou trabalhar no pouco tempo de preparação que teve para o jogo trabalhar o psicológico do elenco, que ficou abalado com a saída de Abel Braga. Boa parte dos jogadores defendia a sua permanência. O objetivo agora é manter a subida na tabela de classificação.

“O nosso pensamento é de ir a campo e conquistar um resultado positivo contra o Fortaleza. O Flamengo sempre entra em campo pensando em ganhar seus jogos e o nosso foco é sempre no próximo confronto”, disse o lateral-esquerdo peruano Miguel Trauco.

O Flamengo vai escalar muito provavelmente sua força máxima neste confronto, já que um dos motivos que levaram Abel a se demitir foi sua insistência em escalar os reservas quando parte da diretoria gostaria de ver os titulares em campo. Para este grupo de dirigentes, poupar jogadores após uma semana livre de treinamentos não se justifica, mesmo com o duelo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Corinthians na próxima terça-feira, no Maracanã. Na ida os cariocas ganharam por 1 a 0.

Entretanto, alguns atletas que apresentam alto risco de lesão podem preservados, assim como peças que não tenham um substituto da posição em condições de ir a campo na terça.

Pelo lado do Fortaleza a tendência é que seja mantida a base que conquistou no meio de semana o título da Copa do Nordeste. Apesar da preocupação com a perda de atletas por lesão, Rogério Ceni tem evitado preservar os jogadores.

 
Scroll To Top