Imprensa põe jogador brasileiro em clube alemão

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Valorizado, Douglas Costa (à direita) deve defender o Bayern de Monique

Divulgação / Rafael Ribeiro / CBF

Frente às crescentes especulações sobre a saída de Franck Ribéry do Bayern de Munique, segundo assegura o jornal francês L’Équipe, o clube alemão foi ao mercado para garantir uma peça de reposição. O técnico Pep Guardiola pediu, e a diretoria do Bayern contratou o brasileiro Douglas Costa, meia-atacante que estava no Shakhtar Donetsk desde 2010, por 35 milhões de euros (cerca de R$ 121 milhões). Apesar do clube ainda ter de oficializar o acerto, a imprensa alemã já dá a contratação como certa.

O contrato do brasileiro com o clube ucraniano iria até 2018, mas frente à atraente oferta do Bayern, a diretoria do Shakhtar não deve se opor à negociação. Se confirmadas as cifras, Douglas Costa será a terceira contratação mais cara do clube alemão, ficando apenas atrás de Javi Martinez, contratado do Athletic Bilbao por 40 milhões de euros (cerca de R$ 138 milhões), e de Mario Gotze, negociado com o Borussia Dortmund por 37 milhões de euros (cerca de R$ 128 milhões).

De acordo com a imprensa alemã, Douglas Costa é a segunda contratação da equipe de Guardiola para a temporada 2015/2016, após o acerto com o jovem goleiro Sven Ulreich, que terá a responsabilidade de ser o substituto de Neuer no lugar de Reina, que deve oficializar o retorno ao Napoli nos próximos dias. Diferentemente do goleiro, o brasileiro só poderá se unir ao elenco bávaro após a disputa da Copa América e, dessa forma, perderá a parte inicial da pré-temporada, que começará em 1º de julho.

Dono de uma perna esquerda habilidosa e de um estilo de jogo dinâmico, pautado no drible e na velocidade, Douglas Costa pode ser alternativa tanto para Ribéry, diante da especulada saída, ou a Robben, que atua pelo lado esquerdo e, no final da última temporada, desfalcou a equipe nas rodadas finais por conta de lesão.

Detentor de 80% do passe do jogador, o Shakhtar Donetsk será o maior beneficiado pela negociação. No entanto, o Grêmio, clube que revelou o jogador, ainda tem direito a 15% em negociações envolvendo o jogador, o que resultaria em um lucro de cerca de R$ 1,2 milhões para a equipe gaúcha.

Valdivia –  Como já se previa no Palmeiras, Valdivia pode nem voltar da Copa América. O jogador mais caro do elenco tem contrato até 17 de agosto, mas o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, anunciou acordo com o chileno. O clube do Oriente Médio afirma que deve aguardar o fim do vínculo do meia para que o camisa 10 assine contrato.

“A gestão de futebol assinou com a estrela internacional chilena Jorge Luis Valdivia (31 anos) após acordo entre as partes para todos os itens do contrato. Aguardaremos a conclusão da Copa América no Chile e que ele possa terminar o seu contrato com o Palmeiras, que expira em agosto próximo, para fazer os exames médicos necessários para completar o contrato”, informou o site do Al Wahda.