NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Lágrimas e altas ondas em Niterói

Pelo menos cinquenta atletas duelaram pelo lugar mais alto do pódio em três categorias diferentes da competição

Evelen Gouvêa

Ondas acima de dois metros presentearam  neste sábado a abertura da quinta edição do Circuito Niteroiense de Bodyboard, na Praia de Itacoatiara, Região Oceânica de Niterói. 

O evento que é pomovido pela União dos Bodyboarders de Niterói (UBBN) e conta com o apoio da secretaria municipal de Esporte e Lazer, teve inicio às 7h30, reunindo diversos atletas nacionais e amadores  em três categorias diferentes, Open Masculino e Feminino e Sub-16 Masculino. 

Os atuais campeões da categoria masculina tembém estiveram presentes na competição disputando onda a onda a permanência de seus títulos. 

O organizador do evento, e presidente da UBBN Robson Costa, de 44 anos, contou que o circuito tem o objetivo de desenvolver o potencial dos meninos no surf nacional.

“Hoje iniciamos a primeira etapa do circuito niteroiense de bodyboading com a maior premiação dos últimos quatro anos. Cerca de 50 atletas se inscreveram, entre os melhores da atualidade e amadores. Temos na disputa de hoje [sábado], o segundo colocado do ranking mundial, Socrátes Santana, que recentemente retornou do Chile, onde venceu uma competição da etapa mundial do Pro-Junior e o Mateus Bastos, que é o atual campeão da categoria sub-16 e terceiro colocado no mundial”, disse Robson momentos antes do início do evento.

O organizador  ainda contou que este ano haverá novidades na competição.

“A segunda etapa será em outubro, ainda sem data, porém a terceira acontecerá na praia de Piratininga, onde em breve abriremos uma escolinha de surf”, concluiu. 

Sócrates Santana, de 16 anos, segundo colocado no ranking mundial acabou sendo eliminado na segunda fase da competição. 

“Infelizmente fui eliminado, mas o foco continua e não vou desistir. Fico feliz pelo meu amigo e quase irmão, Mateus Bastos, que conseguiu avançar na etapa. As ondas estvam boas e com uma ótima qualidade” disse o jovem, exausto após passar por sua bateria, arrancando aplausos do público nas areias da Praia de Itacoatiara.

“Foi um sufoco essa bateria e graças a Deus ele mandou ótimas ondas. A disputa foi bem acirrada nesta etapa até a final, será incrível”, contou Mateus Bastos, atual campeão da categoria sub-16 que, este ano, teve que subir para a categoria Open.

O atual campeão do Circuito Niteroiense de Bodyboard na categoria Open, Caio Araujo, de 20 anos, contou que ganhou duas etapas ano passado. “Das cinco etapas que rolaram no ano passado, eu fui campeão em duas delas. Estou competindo novamente buscando o título. Na minha bateria as ondas estavam incríveis, mas começou uma forte rajada de ventos que complicou um pouco as manobras. Felizmente consegui avançar”, disse.

Depois de horas de competição, o local Hugo Medeiros venceu a categoria Open Masculino. Já Carlos Matheus venceu a categoria sub-16 e Gabriela Gouvêa foi a vencedora da categoria Open Feminino.

O campeão do do Circuito Niteroiense de Bodyboard, ao final das cinco etapas, ganhará uma viagem para o Peru, paga pela organização do evento.


Scroll To Top