NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Melhor dupla do mundo confirma favoritismo e leva o título do Rio Beach Tennis Tour em Niterói

No feminino título ficou com dupla favorita com brasileira e alemã. Nova competição mundial será realizada em novembro.

Divulgação

Dupla do russo Nikita Burmakin e do italiano Tomaso Giovannini, a melhor do mundo com os números dois e três do ranking, conquistou, nesta segunda-feira, o título do Rio Beach Tennis Tour, torneio ITF mundial com premiação de US$ 3 mil mais hospedagem aos principais atletas. O evento contou com o patrocínio da Secretaria de Esportes e Lazer do município de Niterói (RJ) e foi disputado na charmosa praia de São Francisco. 

Burmakin e Giovannini venciam a segunda principal dupla do evento do campeão mundial, o italiano Mikael Alessi, sexto do ranking, e do compatriota Luca Cramarossa, quinto, por 3/1 e desistência. Cramarossa teve um estiramento na coxa esquerda e abandonou o encontro. 

"Sobrevivemos ontem em jogão contra Marcus e Thales e aos 36º C, hoje conseguimos a vitória, não foi do jeito que gostaríamos, mas valeu a conquista e seguimos fortes para o próximo evento", comemorou Burmakin que com a conquista somará 90 pontos no ranking mundial e dará um importante passo para retornar ao número 1 do mundo que ocupou até o mês passado.

Por conta do vendaval que atingiu a região metropolitana do Rio de Janeiro e a praia de São Francisco, a final foi jogada em quadra improvisada: "Infelizmente precisamos adiar a final para esta segunda-feira por conta da longa duração dos jogos e falta de luz natural. De acordo com as regras da Confederação Brasileira de Tênis e Federação Internacional de Tênis os atletas necessitariam de tempo de descanso e a final foi adiada para esta segunda-feira e para nossa falta de sorte tivemos uma noite atípica com mais de 100km/h de ventania que acabou danificando nossa estrutura e forçando a improvisar uma outra quadra para a realização da final. Lamentamos o ocorrido que foge de nossa alçada. De qualquer forma a competição foi muito elogiada pelos atletas. Agradecemos ao apoio dos patrocinadores em especial da Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói que tornou o evento possível. A competição foi um sucesso e sem dúvida iremos melhorar e fazer um evento ainda maior previsto para novembro", declararam as organizadoras Esther Sanches e Daniela Bergamo.

"Sem dúvida foi um evento que acrescentou muito para a cidade e divulgou Niterói no turismo e fomento no esporte. Niterói está se tornando uma referência nos esportes de praia, é uma ordem do prefeito e do secretário Luiz Gallo de não medir esforços. Em novembro estaremos juntos para uma nova etapa mundial de grande porte. A qualidade e notoriedade do evento foi latente com a presença dos melhores do mundo com apoio da Confederação, Secretaria que agiganta a competição", disse Robert Voss, subsecretário de Esportes e Lazer do Município de Niterói que compareceu ao torneio.

No feminino, com final no fim da tarde de domingo, o título ficou com Rafaella Miiller, quarta do mundo. e a alemã Maraike Biglmaier, quinta, que marcaram 6/3 6/0 na dupla da carioca Joana Cortez e da paranaense Marcela Vita, 11ª, terceira dupla pré-classificada.

"Sempre incrível ser campeã e vamos com muita confiança para a próxima semana, foi um perfeito começo aqui no estado do Rio," disse a alemã.
Para Miiller, o triunfo é importante por conta do forte evento que contou com duplas como as italianas Nicole Nobile, sétima do mundo, e Veronica Casadei, 13ª, eliminadas na semifinal por Cortez e Vita, e a dupla das italianas Eva D´Elia e Veronica Visani, nonas do mundo, eliminadas nas quartas pelas russas Irina Gllimakova/Daria Churakova.

"O nível da competição tava fortíssimo, vieram praticamente todas as melhores jogadoras do Brasil e também várias do melhor nível mundial. Para nós é muito importante ter esse ritmo de jogo pois treinamos separadas", seguiu Rafa.

A competição contou com 282 atletas de 11 países e dez jogadores no top 10 do masculino e feminino. Além do Brasil o evento teve jogadores da França, Rússia, Alemanha, Chile, Argentina, Venezuela, México, Letônia e África do Sul. 

Resultados Finais ITF US$ 3 mil: 

Masculino

Final 

(1) Nikita Burmakin/Tomaso Giovannini (RUS/ITA) venceram por 3/1 e desistência (2) Luca Cramarossa/Mikael Alessi (ITA) 

Feminino

Final

(1) Raffaela Miiller/Maraike Biglmaier (BRA/ALE) 6/3 6/0 (3) Joana Cortez/Marcela Vita (BRA)


A etapa de Niterói tem o patrocínio da Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói, conta com o co-patrocínio da Honda Hayasa e os apoios do Hotel Solar do Amanhecer, Prophylaxis Clinica de Vacinação e Mario Roberto Faria Advogados. O evento é uma realização da agência Have Fun e tem a chancela da Confederação Brasileira de Tênis, Federação Internacional de Tênis e da Tênis RJ. 



Scroll To Top