Messi é condenado por fraudes fiscais

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A Justiça espanhola condenou ontem, Lionel Messi e seu pai a 21 meses de prisão por fraudes fiscais que teriam ocorrido entre 2007 e 2009. A decisão foi tomada em audiência na cidade de Barcelona após indícios de que ambos teriam deixado de pagar cerca de 1,5 milhão de euros em impostos (cerca de R$ 5,5 milhões).

Apesar da pena, tanto Messi quanto seu pai não deverão ir para a prisão, já que nenhum dos dois possuem antecedentes criminais. Com isso, a pena foi inferior a dois anos. Além disso, eles também não precisarão cumprir a pena dentro das celas. 

Messi também foi multado em 2 milhões de euros (ao redor de R$ 7,3 milhões) por conta de três crimes fiscais na Espanha.