NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Niteroienses fazem bonito no Monstar Game 2017

Box Crossfit Tróia, de Niterói, conquistou o lugar mais alto do pódio

Foto: Divulgação

Pelo segundo ano consecutivo, o Rio de janeiro recebeu, entre os dias 24 a 26 de novembro, o maior evento de fitness da América Latina, o Monstar Game 2017. Foram mais de mil atletas reunidos na Jeunesse Arena, divididos entre as categorias Scale (individual, trio, quarteto misto), Amador (individual, trio, quarteto misto), RX (individual, trio), Elite individual, Master e Adaptado.

Mais uma vez os atletas niteroienses foram destaques entre os maiores atletas de alta performance do mundo. Diversas equipes lotaram a arena para disputas em trios e quartetos mistos. A categoria Rx masculina em trios foi vencida pela equipe da BIGG Friends, da Argentina, que assim como o Paraguai, trouxe uma grande quantidade de atletas para o a evento. O que mais se destacou foi o time formado pelos feras Guilherme Belém, Caio Duprat e Patrick Gonzaga, que chegaram na sétima colocação entre as 28 equipes presentes.

Na categoria quarteto amador, entre 17 equipes, os atletas do Box Crossfit Tróia de Niterói, formado por Sâmela Andrade, Camila Barcellos, Vitor Lucass e Murilo Agues, deram um show de disposição e conquistaram o lugar mais alto do pódio, mostrando o fruto de muito treino e dedicação. Na segunda colocação veio os atletas também niteroienses do Box Legião Crossfit, deixando a equipe cearense do Crossfit Jangada na terceira posição.

Outro destaque para cidade sorriso, foi na categoria máster que teve o atleta também do Crossfit Troia Renato Alvares na segunda colocação, ficando atrás somente do paulista Luis Carlos Corniatti. Mais um orgulho para a cidade, foi a atleta que vem se destacando no cenário nacional da modalidade, Giulia Ciabotti, que competiu pela primeira vez na categoria Elite (profissional) e ficou entre as onze melhores do Brasil.

No último dia do evento, o Monstar Series contou novamente com a categoria adaptados em pé e cadeirantes. Os atletas entraram na Arena Olímpica e mostraram um verdadeiro show de superação e garra. O único niteroiense Marlon Fernandes da Cruz, também do box Tróia , ficou com a sexta colocação na categoria cadeirante.

O Monstar Games surgiu em 2014, como festival fitness(misturando diversas modalidades esportivas) apresentando desafios que o ser humano é capaz de desempenhar para determinar de maneira mensurável os atletas mais bem condicionados do Brasil e da América Latina.

Em 2018 o evento promete ser ainda maior. Aguardamos ansiosos...


Scroll To Top