Palmeiras enfrenta o Ituano

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Os comandados de Roger Machado buscam, neste domingo, mais uma vitória no Campeonato Paulista

Foto: Divulgação

Depois de encerrar uma sequência de quatro jogos sem vencer no Campeonato Paulista com uma vitória sobre o São Paulo, o Palmeiras vai em busca da melhor campanha da fase de classificação da competição, o que dá a vantagem do mando de campo no mata-mata. Os comandados de Roger Machado irão enfrentar o Ituano neste domingo, às 17 horas, no Estádio Novelli Júnior em confronto válido pela 12ª e última rodada do estadual.

Já a equipe do interior entra na partida tentando confirmar a segunda colocação do grupo A e a classificação para as quartas de final. O único resultado que garante isso ao elenco de Vinicius Bergantin sem depender de outros resultados é o triunfo, porque o Bragantino, terceiro colocado do grupo, tem apenas um ponto a menos.

Um dos desafios do Verdão será quebrar o tabu de seis anos sem vencer no estádio Novelli Júnior. Neste período foram duas derrotas e um empate, sendo o último resultado um 1 a 0 para a equipe do interior em 2017. Além disso, o Galo ainda não perdeu jogando como mandante nesta edição do Paulistão. Foram três vitórias e dois empates em cinco jogos, sendo que as últimas duas partidas em Itu terminaram com triunfos sobre Red Bull e São Paulo.

Uma das características do Alviverde no clássico foi a forte marcação e pressão e o treinador Roger Machado acredita que pode dar muito trabalho ao seu adversário se seu time manter o nível de concentração que teve no Choque-Rei. 

“Se levar esse espírito para qualquer competição, não tenha dúvida de que a gente leva perigo para qualquer adversário”, disse em entrevista coletiva após o jogo da quinta-feira.

Além disso, o comandante da esquadra verde e branca sabe que, depois da vitória por 2 a 0, a expectativa da torcida subiu. 

“A gente tem um nível e o sarrafo aumentou em função da apresentação no primeiro tempo (contra o São Paulo). Agora é ampliar essa janela e fazer isso em todos os jogos. Não há por que a gente não fazer se a gente mostrou ser possível”, completou.

No lado do Ituano, o atacante Marcelinho comemorou o fato do Galo só depender de suas próprias forças para avançar para as quartas de final, mas ressaltou a força do elenco palestrino. Ele também destacou que seria importante chegar no mata-mata com uma vitória sobre o Verdão.