Parsons é eleito presidente do Comitê Paralímpico Internacional

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O brasileiro Andrew Parsons irá comandar os rumos do esporte paralímpico

Foto: Divulgação

Andrew Parsons foi eleito ontem, o terceiro presidente da história do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês). O ex-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro foi escolhido na Assembleia Geral do IPC, realizada em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. O carioca substituirá britânico Philip Craven, que estava à frente da entidade máxima do paradesporto desde 2001.  

Dirigente do CPB de 2009 a 2017, Andrew Parsons recebeu 84 votos e assegurou a vitória em primeiro turno. A segunda mais votada foi a chinesa Haidi Zhang, com 47 votos. O dinamarquês John Petersson (19) e o canadense Patrick Jarvis (12) também concorreram. Participaram da escolha as Associações do IPC (IPC memberships), grupo composto pelos Comitê Paralímpicos Nacionais (NPCs), Federações Internacionais, Organizações Internacionais de Esporte para Deficientes (IOSDs) e Organizações Regionais.  

“Estou absolutamente satisfeito e não sei nem o que dizer. Gostaria de agradecer aos membros do IPC pela confiança. Durante a campanha acredito que expliquei o que planejo fazer como presidente do IPC, e os membros entenderam e deram-me seu suporte. Agora é hora de arregaçar as mangas da camisa e trabalhar duro com os membros e o Conselho Executivo. Vencer a eleição em primeiro turno mostra um apoio muito grande. Mostra que há confiança em mim e estou definitivamente satisfeito”, disse Andrew.