NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Rodolfo é flagrado no doping por cocaína

O atleta não pediu contraprova

Divulgação

Um baque tomou conta do elenco tricolor na manhã desta terça-feira (25). O goleiro Rodolfo foi pego em um exame antidoping por suspeita de uso de cocaína. O teste foi realizado após a partida entre Fluminense Atlético Nacional, realizado no último mês no Maracanã. O atleta não pediu contraprova.

Rodolfo já ficou suspenso por dois anos do futebol por uso de cocaína. Em entrevista recente, o goleiro falou sobre o assunto e revelou que não usava drogas desde 2014.

Em nota o Fluminense se posicionou sobre o caso: “O Fluminense Football Club informa que o goleiro Rodolfo Alves de Melo foi flagrado no exame antidoping após a partida Fluminense x Atlético Nacional (COL), pela Sul-Americana, realizada em 23 de maio de 2019 no Maracanã. O clube e o atleta já realizaram uma reunião e uma petição foi apresentada à Conmebol, onde o jogador abriu mão da contraprova se colocando suspenso voluntariamente, para se dedicar exclusivamente à sua defesa. 

O Fluminense já colocou seu Departamento Jurídico à disposição do jogador que, por norma legal, teve o contrato de trabalho suspenso. A instituição dará todo o suporte necessário ao atleta.” disse o clube na íntegra.

Saídas – A diretoria do Fluminense vem brigando em duas frentes. A primeira é tentar melhorar o nível do elenco, oferecendo reforços ao técnico Fernando Diniz. A outra questão envolve a redução do plantel, o que reduziria a folha salarial permitindo novas investidas. 

A segunda questão, por ajudar a viabilizar a primeira, é tratada como uma prioridade e assim os dirigentes esperam definir esta semana algumas saídas.

 
Scroll To Top