NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Tricolor busca regularidade para a sequência do ano

O Fluminense da Copa Sul-Americana nada tem a ver com o Fluminense do Campeonato Brasileiro. No torneio continental o time fez dois grandes jogos contra o Peñarol e garantiu sem sustos a classificação para as quartas de final. O time derrotou o rival por 2 a 1 no Paraguai ew confirmou a vaga na etapa seguinte ao derrotar os uruguaios por 3 a 1 no Rio de Janeiro (RJ).

No Camp-eonato Brasileiro a história é muito diferente. O time ainda não ganhou desde que a competição retornou, após a disputa da Copa América do Brasil. Em três confrontos, empatou em casa por 1 a 1 com o Ceará, e foi derrotado por 2 a 1 por Vasco e São Paulo, também no Rio de Janeiro. Os maus resultados, somados a um desempenho também pouco eficiente antes da Copa América, jogaram o Tricolor na zona de rebaixamento, estacionado nos nove pontos.

“Temos que aproveitar as vitórias que tivemos na Copa Sul-Americana para podemos ganhar ânimo para o Campeonato Brasileiro, pois precisamos buscar pontos importantes na competyição. Não estamos na posição que a gente esperava e por isso mesmo estamos trabalhanbdo cada vez mais para atingirmos as nossas metas”, disse o técnico Fernando Diniz, que está pressionado por conta do desempenho do time no Brasileirão.

O próximo desafio pelo Campeonato Brasileiro, válido pela 13ª rodada, será neste sábado, às 19h(de Brasília), mais uma vez no Maracanã, contra o Internacional. Os gaúchos aparecem no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores e tudo indica que será mais um desafio complicado para o Tricolor. Como a quarta-feira foi de trabalho regenerativo, o time só começa a ser definido no treino desta quinta-feira à tarde. 

Scroll To Top