NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vasco apenas empata no ES

O camisa 10 Nenê anotou o gol vascaíno da marca da cal e segue sendo um dos destaques do Vasco na Série B

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco/Divulgação

O Vasco iniciou o returno da Série B do Campeonato Brasileiro com empate por 1 a 1 com o lanterna Sampaio Corrêa, neste sábado (20), em Cariacica. Mesmo com o tropeço, os vascaínos seguem na liderança da Segundona com 40 pontos. Os maranhenses chegaram a 14, ainda na última posição. Os cruzmaltinos dominaram o primeiro tempo e foram para o intervalo a frente no marcador com gol de Nenê, de pênalti. No entanto, na etapa final, o Sampaio Corrêa melhorou e conseguiu o empate com Heverton.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o Tupi, no próximo sábado, em Juiz de Fora. Já o Sampaio Corrêa volta a campo nesta terça-feira, contra o Avaí, em São Luís. O Vasco começou a partida em busca do gol. Tanto que aos dois minutos, Éder Luís desperdiçou boa chance ao não aproveitar bola rebatida na área. O Sampaio Corrêa só avançava nos contra-ataque, mas sem qualquer sucesso. Os cruzmaltinos tiveram nova oportunidade somente aos 23 minutos. Madson tabelou com Éder Luis e tocou para Nenê na área. O meia dominou a bola, mas finalizou para fora.

Os cariocas tinham a posse de bola muito superior ao adversário, mas sofria com a marcação. No entanto, aos 30 minutos, o Vasco abriu o placar em Cariacica. Madson foi lançado na área, mas acabou sendo acertado pelo zagueiro Luiz Otávio. Nenê cobrou com categoria, sem chance para o goleiro Rodrigo Ramos.

Mesmo depois do gol, os cruzmaltinos permaneceram com a vocação ofensiva e quase marcou o segundo aos 32 minutos. Após roubada de bola na saída do Sampaio Corrêa, Éder Luís tabelou com Jorge Henrique na área, mas finalizou para fora. No minuto seguinte, o atacante desperdiçou nova chance, após ser lançado na área e mais uma vez chutar pela linha de fundo.

O Sampaio Corrêa só levou perigo aos vascaínos nos minutos finais. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, Wagner se antecipou a marcação e cabeceou para o chão. A bola quicou e bateu na trave. Só que a resposta do Vasco veio em seguida, quando Éder Luís cruzou para Éderson, que se estico, mas finalizou por cima do travessão. Antes do fim, os maranhenses ainda assustaram a zaga carioca, em bolas na área, mas tiveram que sair de campo com a derrota parcial.

No segundo tempo, o Vasco buscou manter o domínio da posse de bola, mas sofreu o empate na primeira chance criada pelo Sampaio Corrêa. Após falta cobrada na área, Heverton cabeceou no canto, longe do alcance de Martín Silva. O gol animou o Sampaio Corrêa, que equilibrou as ações e quase virou o jogo aos seis minutos. Após bola levantada na área, Elias cabeceou muito próximo da trave de Martín Silva. O lance fez o Vasco acordar e passar a pressionar em busca do segundo gol. Na melhor chance, Andrezinho quase marcou um gol olímpico, mas parou em boa defesa de Rodrigo Ramos.

Com espaço, os maranhenses conseguiram criar nova oportunidade de marcar aos 15 minutos. Pimentinha recebeu a bola na entrada da área e chutou para grande defesa de Martín Silva. O atacante pegou o rebote e finalizou mais uma vez, novamente sendo parado pelo goleiro cruzmaltino.  Após um período com o confronto equilibrado, o Vasco voltou a chegar com perigo aos 23 minutos. Yago Pikachu fez boa jogada e cruzou para Ederson. O atacante dominou a bola e chutou na trave. 

Na parte final, os vascaínos tentaram pressionar, mas erravam muito e davam espaço para o Sampaio Corrêa. Os visitantes se tornaram mais perigosos e chegaram a balançar a rede aos 41, mas o gol foi anulado pela arbitragem. O Vasco pouco fez para mudar a situação.

Scroll To Top