NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vasco perde e agonia continua

Vasco perde para o Criciúma e vaga fica para última rodada

Foto: Divulgação / Vasco

O Vasco não conseguiu garantir o acesso antecipado à Série A do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Criciúma, neste sábado, no Heriberto Hulse. Com o resultado, os cruzmaltinos permanecem com 62 pontos e vão precisar vencer na última rodada para avançar a elite do futebol nacional.

O time carioca teve atuação abaixo da média, com muita dificuldade na marcação e na criação. No primeiro tempo, a equipe comandada por Jorginho foi dominada, mas segurou o empate. Só que na etapa final, o Criciúma chegou à vitória com Roberto, em cobrança de pênalti. Depois disso, os vascaínos desperdiçaram várias chances e vão ter que buscar o acesso no próximo fim de semana.

A partida que pode definir o futuro cruzmaltino e que encerra a participação do clube nesta edição da Segundona será diante do Ceará, no próximo sábado, em São Januário. Já o Criciúma, no dia anterior, cumpre tabela contra o Paysandu, em Belém. 

O jogo – O Vasco começou a partida impondo seu toque de bola e criou a primeira chance de gol aos sete minutos. Andrezinho cobrou falta no contra pé de Luiz, mas viu a bola bater na trave.  Porém, o bom início dos cariocas não intimidou o Criciúma, que passou a dominar o jogo. Os donos da casa rondavam a área cruzmaltina, mas pecavam no último passe. O Vasco tentava os contra-ataques, só que erravam muitos passes no meio-campo. Nos minutos finais, o panorama da partida seguiu o mesmo. O Criciúma teve mais uma chance de abrir o placar aos 41 minutos. O Vasco respondeu, já nos acréscimos, quando Douglas cruzou rasteiro pela direita, mas Thalles finalizou fraco, em cima de Luiz. Assim, o duelo foi para o intervalo com a igualdade no marcador do Heriberto Hulse.

No segundo tempo, o Vasco conseguiu equilibrar a partida no início. Com isso, o jogo ficou aberto, com as duas equipes em busca do ataque. Só que na primeira chance, o Criciúma abriu o placar, aos sete minutos. Diguinho derrubou Roberto na área e o árbitro marcou pênalti. O próprio atacante cobrou com categoria, sem chance para Martín Silva.

Após o revés, o Vasco foi obrigado a se lançar ao ataque. Os cruzmaltinos chegaram a criar boas chances de empatar, mas a tarde não parecia ser dos cariocas. Tanto que o atacante Ederson, que entrou no lugar de Julio Cesar, saiu lesionado depois de dois minutos em campo. Do meio para o fim o Vasco pressionou em busca do empate. No entanto, muito nervoso, os cruzmaltinos pouco incomodaram o goleiro Luiz. Mesmo sem aspirações na Série B, o Criciúma mostrou vontade e quase marcou o segundo em novo pênalti. Só que desta vez, Martín Silva defendeu a cobrança de Roberto. No lance, o zagueiro Luan foi expulso. Mesmo assim, os donos da casa seguraram a vitória pela contagem mínima. 


Scroll To Top