NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vasco visita o Tupi em Minas para voltar a vencer na Série B

O meia Nenê irá comandar o meio-campo do Vasco que tentará superar o Tupi, nesta tarde, no estádio Mârio Helênio

Paulo Fernandes / Vasco

Juntando os cacos após a derrota por 3 a 1 para o Santos pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Vasco volta a campo hoje, às 16h30, para visitar o Tupi no Estádio Municipal Jornalista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG), pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino também não ganha há dois jogos na Segundona, vindo de empate por 1 a 1 com o lanterna Sampaio Corrêa. Mesmo assim lidera com quarenta pontos. Já o time mineiro tenta se recuperar da derrota de 2 a 1 para o Goiás, que o manteve mergulhado na zona de rebaixamento com 18 pontos apenas.

Jorginho, comandante do Vasco, alertou seus jogadores sobre os perigos do Tupi, mesmo com o rival ocupando a parte de baixo da tabela de classificação.

“Esta Série B já nos mostrou que não existe jogo tranquilo e que a posição dos times na tabela de classificação não costuma dizer muita coisa. No último fim de semana pegamos o lanterna e não conseguimos os três pontos. Isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade para este jogo e deixa o Tupi, mesmo precisando ganhar, em situação mais confortável. Portanto, é fundamental que cada um exija o máximo de si dentro de campo para atingirmos o nosso objetivo”, disse Jorginho.

Sobre o estado de espírito dos jogadores, que se mostraram abalados após o jogo do meio de semana, o elenco garante que o revés diante do Peixe não vai ter interferência no choque contra os mineiros.

“O Vasco tem plenas condições, com todo respeito ao time do Santos, de mudar essa realidade em São Januário. Porém, o mais importante agora não é pensarmos nisso e sim virarmos a chave e focarmos na próxima partida pela Série B. Temos que chegar bem neste segundo turno, voltar a ganhar jogos e nos aproximarmos do acesso. Se conseguirmos isso vai ser importante até mesmo para nos ajudarmos na Copa do Brasil”, disse o apoiador Andrezinho.

Como de costume, Jorginho só vai revelar a escalação minutos antes do confronto e tem fechado os treinos de preparação da equipe, que seguiu diretamente de Santos para Juiz de Fora, tendo pouco tempo para treinar. O atacante Eder Luis pode ganhar uma oportunidade entre os titulares, pois vem entrando bem no time. Se isso acontecer, a tendência é que Jorge Henrique fique como opção no banco de reservas.

Pelo lado do Tupi, o técnico Estevam Soares quer ver sua equipe com personalidade.

“Nós precisamos nos impor diante do Vasco, pois temos que fazer prevalecer o nosso estilo quando jogamos dentro de casa. Tenho grande respeito pelo nosso adversário, mas sei que apenas a soma dos três pontos pode nos ninteressar neste momento da competição. Temos que ter vontade e muita obediência tática, colocando em prática tudo aquilo que foi trabalhado de melhor ao longo da semana. Um minuto de desatenção diante do Vasco pode custar o trabalho todo e por isso mesmo quero meus jogadores atentos ao longo dos noventa minutos - analisou Estevam Soares, tentando demonstrar otimismo.

O Tupi tem mudanças para este jogo. O volante Renan deve assumir a vaga de Recife, que não vem agradando. Já o meia Pedrinho está de sobreaviso, pois Felipe Alves não conseguiu trabalhar durante a semana por conta de dores na coxa direita e pode ser vetado.

 
Scroll To Top