NITERÓI/RJ
Min:   Max:

BR-101: drones e carro blindado contra o crime

Drones começaram a ser utilizados ontem pelos agentes da PRF

Marcelo Feitosa

A Rodovia Niterói-Manilha (BR-101) começou ontem a ser fiscalizada por drones. Os aparelhos, junto ao veículo blindado recém-adquirido, auxiliarão o trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no trecho conhecido pelo grande número de ocorrências de arrastões e de roubos de carga.

Foram adquiridos sete aparelhos para a fiscalização em todas as rodovias federais do Rio de Janeiro, porém, a maioria deles será distribuída no trecho entre Niterói e Itaboraí e na Baixada Fluminense. Segundo José Hélio, porta-voz da PRF no Rio, as câmeras também serão usadas para fiscalizar as comunidades que margeiam a Niterói-Manilha, área de maior concentração de crimes da PRF no Rio. As imagens serão monitoradas no centro de controle da PRF.

“Estamos capacitando os policiais para este tipo de policiamento. As imagens vão nos ajudar nos dias de incursão e nas fiscalizações para evitar a troca de tiros, que é recorrente nesta região. Temos e usamos o helicóptero, mas os drones têm um melhor custo e dão mais facilidade à operação para evitar o enfrentamento”, ressaltou.

Outra ação para coibir os crimes na estrada é o fechamento de acessos clandestinos às comunidades ao longo da rodovia. A medida começou a ser implantada em dezembro, mas a mobilização da população contra a qualidade das vias internas de São Gonçalo motivou a reabertura das passagens. Quatro meses depois, com apoio da prefeitura do município e do Ministério Público, os acessos voltaram a ser fechados. Na última terça-feira (21), por exemplo, foi fechado o acesso clandestino do Km 311 (Boaçu).

Ainda de acordo com José Hélio, a polícia vem investindo em tecnologia para ampliar a fiscalização e na parceria com as polícias Militar e Civil na investigação para identificar criminosos e receptadores. Porém, é preciso maior efetivo de agentes da PRF. Em todo o Estado, são 840 policiais, sendo que cerca de 120 realizam o policiamento na Niterói-Manilha.

Caveirão

Nesta semana, a PRF também iniciou os testes com um veículo de patrulha blindado leve. O veículo permite transpor barricadas e arrastar até 4,5 toneladas e tem capacidade de suportar tiros de todos os calibres. 

Crimes

Por conta dos constantes roubos de veículos e de cargas, a BR-101 passou a ser conhecida como “Rodovia do Medo”. Mas, apesar de ainda elevado, o número de crimes na estrada vem caindo. No último mês, no trecho entre Niterói e Campos dos Goytacazes, foram registrados 74 roubos de veículos contra 107 no mesmo mês de 2018, uma queda de 30,84%. Já o roubo de cargas, variou em um caso, de 28 em abril do ano passado para 27 neste mês. 

Em janeiro, no mesmo trecho, foram registrados 91 roubos de veículos, seguido de 83, 73 e 74 em abril. Já o roubo de cargas, foram registrados 15 casos em janeiro, depois 22, 14 e 12 neste mês. 


Scroll To Top