NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Caramujo: posto da PM é incendiado

Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) foi parcialmente incendiado

Reprodução de internet

Foi ateado fogo no Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) da Comunidade do Caramujo, na Zona Norte de Niterói, na noite de segunda-feira. De acordo com a polícia, a ação ocorreu após manifestantes atearem fogo e fecharem as pistas, nos dois sentidos, da RJ-104, na altura da subida da Caixa D’Água, no início da noite da segunda-feira. 

De acordo com moradores, o protesto teria começado por conta da morte de um mototaxista durante uma operação policial na Comunidade do Caramujo, na noite do último domingo. O homem, apontado pela polícia como traficante, foi baleado durante a operação e morreu em um hospital da região na manhã da segunda-feira.
 
Segundo a Polícia Militar, os policiais do 12º BPM (Niterói) foram até a RJ-104 após receberam a informação de que manifestantes haviam fechado fechado as duas pistas dos dois sentidos da rodovia. Ao chegarem no local, os policiais militares foram recebidos a tiros e houve intenso tiroteio às marges da RJ-104.

Os dois sentidos da pista ficaram fechados por mais de uma hora, segundo motoristas que estavam no local, o que refletiu diretamente no trânsito da Alameda São Boaventura, no Fonseca. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, equipes foram acionadas às 20h20 para conter o fogo da rodovia.
Pouco antes das 21h, as pistas foram liberadas e o trânsito começou a fluir normalmente.

 
Scroll To Top