Clima de medo segue na Rocinha

Polícia
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O porta-voz da Polícia Militar do Rio de Janeiro, major Ivan Blaz, disse nesta segunda-feira (18) que a invasão à comunidade da Rocinha, no fim de semana, por um grupo de 60 homens armados, foi ordenada pelo traficante Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, que está preso em um presídio federal. 

Segundo Blaz, a ação pretendia retomar pontos do tráfico que eram controlados por Nem e estão sob o comando do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157. Lojas fechadas e moradores tensos eram reflexos ontem do violento tiroteio que ocorreu na comunidade no domingo (17). A polícia confirmou pelo menos três criminosos mortos e três moradores feridos, mas o número pode ser maior. Três pessoas foram presas.