NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Comandante promete combater bailes funk em SG

Por Vitor D'Ávila

Policiais do 7º BPM (São Gonçalo) impediram a realização de um baile funk na comunidade do Brejal, no bairro Guaxindiba, em São Gonçalo, na tarde do último domingo (29). A ação faz parte das medidas adotadas pelo novo comandante do 7º BPM, tenente-coronel Gilmar Tramontini, para reprimir festas ilegais no município. 

Agentes do Grupamento de Ações Táticas (Gat) foram ao Brejal para apurar a realização do baile, organizado por traficantes da região. Ao chegarem na comunidade do Morrão, que fica ao lado do Brejal, os policiais foram recebidos a tiros por suspeitos de tráfico de drogas.

Após o confronto, que não deixou feridos, os policiais encontraram todo o equipamento de som que seria utilizado no baile funk e uma lona próximo a um rio, já na comunidade do Brejal, onde seria realziado o baile.

Todo o material foi apreendido e levado à 74ª DP (Alcântara), que registrou o caso.

Batalhão irá coibir realização de bailes funk

O novo comandante do 7º BPM prometeu endurecer o combate à realização de bailes funk. Também serão intensificadas operações policiais e ações contra roubo de carga na área administrada pelo batalhão.

De acordo com o tenente-coronel Gilmar Tramontini o batalhão irá iniciar “ações de repressão à festas não autorizadas”. Nessa categoria se enquadram, por exemplo, bailes funk organizados por traficantes em comunidades.

Segundo Tramontini, a partir desta segunda-feira (29), São Gonçalo terá 40 policiais por dia no Grupamento de Ações Táticas (Gat) e sete policiais no serviço de comboio. As equipes do Gat realizarão operações em toda a área do 7º BPM enquanto o comboio atuará no combate a roubo de carga e veículos.

As operações, a partir desta segunda, contarão com quatro grupamentos e duas Patrulhas Tático Móveis (Patamos) fazendo o serviço de comboio. Os trabalhos serão comandados por um oficial de operações e coordenados por um major.

Comandante assumiu batalhão na última semana

O 7º BPM está sob novo comando. O tenente coronel Gilmar Tramontini da Silva deixou o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) para assumir a responsabilidade na segurança de mais de um milhão de moradores do segundo município mais populoso do Estado.

A mudança de comando ocorreu na manhã da última quarta-feira (24), em cerimônia realizada no pátio do batalhão. Tramontini passou a ocupar a vaga do coronel Ronaldo Martins Gomes da Silva, que permaneceu à frente do 7º BPM por seis meses. A solenidade contou com a presença de autoridades policiais e políticas da região.



Scroll To Top