NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Mãe de jogador é assaltada em SG

Thalles agora defende a Ponte Preta

Foto: Divulgação / Ponte Press

A mãe do jogador do Vasco emprestado à Ponte Preta Thalles Lima foi assaltada na terça-feira (5), em Vista Alegre, São Gonçalo. O carro que ela dirigia, um Land Rover Evoque Dynamic, que pertence ao jogador, foi recuperado 30 minutos depois do roubo por PMs do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), em Guaxindiba. Ninguém foi preso. Ocorrência foi registrada na 74ª DP (Alcântara).  

Segundo a polícia, ela visitava uma irmã em Vista Alegre, quando decidiu ir a um supermercado da região e teve o carro roubado por dois bandidos armados em uma moto.

Equipes do BPRv que faziam patrulhamento na Rodovia RJ-104 suspeitaram do veículo que trafegava pela rodovia. Os militares deram ordem de parada, mas os bandidos aceleraram e seguiram em direção a Guaxindiba. Os militares pediram reforço para realizar um cerco. Durante a perseguição, na altura da Rua 2, os criminosos atiraram contra os PMs e conseguiram fugir.

Após buscas na região, os militares encontraram o carro roubado próximo à comunidade do Morrão. De acordo com a polícia, no carro, foram encontrados documentos de Thalles e dois celulares. 

Thalles foi fotografado no casamento de 2N

Foto: Reprodução

A mãe do jogador contou em depoimento que ficou muito nervosa com o ocorrido e, por isso, não ligou de imediato para a polícia. Como o roubo foi próximo da casa da irmã, ela acabou voltando a pé ao local. Ela disse também que o filho emprestou o veículo, pois estava escalado para um jogo em São Paulo.  

Polêmica – Recentemente o jogador esteve envolvido em uma polêmica, após ser fotografado no casamento de Thomaz Jhayson Vieira Gomes, o 2N, apontado pela polícia como chefe do tráfico de drogas do Complexo do Salgueiro. A cerimônia teria sido realizada em 13 de janeiro.

“Sou uma pessoa humilde, que cresceu na comunidade e fui convidado para a festa de casamento de uma conhecida, que tirou foto comigo. Não sei qual é a atividade do esposo dela e não tenho nada a comentar a este respeito. Só posso dizer que eu não participo de nenhuma atividade ilegal e estava ali apenas como convidado de um casamento”, disse Thalles na época a um jornal carioca. 

Scroll To Top