NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Pai de família é agredido a coronhadas durante assalto

Câmeras de segurança do condomínio registraram a movimentação dos bandidos ao redor do imóvel. Em uma das imagens dá para ver o proprietário sendo levado da garagem para a casa

Reprodução de vídeo

Uma família viveu duas horas de terror depois que criminosos armados invadiram a residência onde viviam em um condomínio na Região de Pendotiba, em Niterói. Segundo a síndica, os bandidos, além de roubarem joias, dinheiro e eletrônicos, ainda agrediram o proprietário do imóvel com várias coronhadas, antes de fugirem no carro da família, um Jeep Renegade preto.

O crime aconteceu em plena luz do dia, na manhã de terça-feira (18). Este foi o quarto roubo a residência no mesmo condomínio, apenas neste ano. No imóvel viviam um casal (um aposentado e uma pedagoga) e dois filhos, um engenheiro de 30 e a irmã, de 29. De acordo com a síndica, a família se mudou às pressas após o crime. O imóvel, segundo ela, deve ser posto à venda ou alugado. O caso está registrado na 79ª DP (Jurujuba). 

Câmeras de segurança do condomínio registraram, por volta das 5h59, o momento em que o proprietário do imóvel sai da garagem na companhia de um dos bandidos, após ser rendido, e entra na casa. As imagens mostram a movimentação dos bandidos, que se deslocam outras vezes entre a garagem e a casa. Os criminosos só deixam o imóvel por volta das 7h58. O carro deixa a garagem com os vidros fechados e passa tranquilamente pela portaria sem levantar suspeita. 

A síndica disse desconfiar que os bandidos tenham invadido o condomínio por uma área verde, vizinha. 

“Em todos os assaltos que tivemos aqui, as câmeras não flagram os criminosos pulando muros, somente quando eles já estão para entrar nos imóveis. Infelizmente, mais uma família que viveu uma situação desesperadora. Manter essa área verde é uma exigência ambiental, mas estamos preocupados com isso”, desabafou.

De acordo com registro de ocorrência, os criminosos levaram 5 mil euros, 400 dólares, R$ 200 em dinheiro, além de outros bens que juntos somam R$ 15 mil. 

“Infelizmente eles não foram os primeiros a fazerem isso. Esse ano uma outra família que também teve a casa assaltada desistiu de morar aqui. Fico triste pois vivo aqui há 30 anos e nosso condomínio sempre foi tranquilo. Hoje, já temos imóveis sendo vendidos ou para alugar, por conta dos assaltos que tivemos”, disse. 

Segundo a síndica do condomínio, moradores têm investido em segurança, levantando muros e colocando cercas elétricas e cortantes em suas casas

Marcelo Feitosa

Insegurança – A síndica revelou que, devido ao clima de insegurança, boa parte das 53 residências do condomínio investiu em segurança, levantando muros e instalando cercas elétricas e cortantes. 

“Depois dos assaltos, nós colocamos cerca nas áreas verdes para dificultar a entrada dos bandidos, mas pelo jeito não está resolvendo. Em outro roubo a residência, elas foram cortadas e os bandidos entraram”, contou a síndica. 

Memória – Uma família do Cafubá, na Região Oceânica de Niterói, passou por momentos de terror na noite do último domingo, por volta das 22h20, quando teve sua residência, na Rua Maestro Carlos Monteiro de Souza, invadida por assaltantes.

A família voltava de carro de uma igreja no Engenho do Mato, e quando entrava na garagem foi surpreendida por quatro bandidos que vinham atrás em outro automóvel e que impediram que o portão fosse fechado. Três deles entraram na casa enquanto o quarto esperou o bando do lado de fora, dando cobertura. 

Scroll To Top