NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Tráfico manda fechar comércio em São Gonçalo

Comerciantes, acuados pelos bandidos, foram obrigados a fechar as lojas

Douglas Macedo

Comerciantes do bairro Santa Catarina, em São Gonçalo, fecharam as portas das suas lojas no início da manhã desta terça-feira (4) por ordem de traficantes de drogas da Comunidade da Simão. Os lojistas foram ameaçados por traficantes em motos, que passaram pelos comércios de toda a extensão da Rua Dr. Getúlio Vargas, ordenando que o comércio permanecesse fechado até o meio-dia de hoje em forma de luto pela morte de um traficante na noite da última segunda-feira, durante confronto com policiais militares.

“Por volta das 10h entrou um traficante no meu estabelecimento ordenando que eu fechasse imediatamente, mas como tinha algumas encomendas para receber, eu não fechei. Quando foi no início da tarde vieram novamente perguntar o motivo de não ter seguido as ordens. Acuado, preferi fechar as portas e ir para casa”, lamentou um comerciante. 

A morte aconteceu durante uma ação da polícia na Comunidade da Simão, que tinha como objetivo a repressão a roubos de cargas e ao tráfico de drogas em São Gonçalo. Os agentes do 7°BPM (São Gonçalo) foram recebidos a tiros ao entrarem na comunidade. 

Após o confronto, os policiais encontraram um suspeito ferido que foi encaminhado ao Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, em São Gonçalo. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Foram apreendidos um fuzil, um radiotransmissor e drogas.

O 7° BPM (São Gonçalo) informou que o policiamento foi reforçado no local, mesmo assim, os comerciantes preferiram permanecer de portas fechadas, com medo de represálias dos criminosos.

 
Scroll To Top