NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Governo do Estado vai investir em Miguel Pereira

O governador Witzel com representantes da AgeRio e da prefeitura de Miguel Pereira

Divulgação

O Governo do Estado, por intermédio da Agência Estadual de Fomento do Rio de Janeiro  (AgeRio), firmou, na última quinta-feira, contrato de financiamento com o município de Miguel Pereira no valor de R$ 4,5 milhões para investimento em infraestrutura urbana da cidade do Centro-Sul Fluminense. A iniciativa permite que a prefeitura adquira veículos, máquinas e equipamentos voltados para o setor de transporte e logística. O governador Wilson Witzel e o prefeito André Português firmaram a parceria no Palácio Guanabara.

“A AgeRio tem a função de realizar empréstimos para os empreendedores e cidades fluminenses. A cidade de Miguel Pereira recebe agora da nossa agência de fomento a verba de R$ 4,5 milhões para a compra de equipamentos que vão ajudar na melhora da vida dos moradores do município”, disse o governador.

Retomada - A AgeRio volta a atuar junto ao setor público após quatro anos sem contratações de financiamento para beneficiar as prefeituras fluminenses com empréstimos financeiros. Já com relação ao setor privado, a AgeRio já celebrou, este ano, 280 contratos de financiamento, 100 a mais do que todo o ano de 2018. 

Segundo o presidente da agência de fomento, Alexandre Rodrigues, já foram injetados na economia do estado cerca de R$ 50 milhões em créditos.

“O contrato é um marco para o governo, porque ficamos quatro anos e meio sem operações com municípios e, hoje, a AgeRio conclui um financiamento para a cidade de Miguel Pereira. Estamos contribuindo com o desenvolvimento do estado e, até o fim de 2019, temos a expectativa de operar em torno de R$ 120 milhões”, detalhou Rodrigues.


Infraestrutura - Com 25 mil habitantes, Miguel Pereira tem como principais vocações regionais as atividades da agropecuária, indústria e serviços.

“Só tenho a agradecer ao Estado, que abriu a possibilidade de ajuda aos municípios do interior fluminense. Miguel Pereira tem cerca de 700 quilômetros de estrada de chão e não temos equipamentos. Com este investimento, teremos condições de adquirir veículos de infraestrutura”, explicou o prefeito.


Scroll To Top