NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Efeito Glossy

Bem versátil, o efeito glossy pode ser usado nas mais variadas ocasiões. Eventos diurnos, noturnos, grandes festas ou jantares combinam muito bem com esse brilho

Foto: Divulgação/Wagner Carvalho

Considerado por muitos profissionais da beleza a grande aposta para o verão, o efeito glossy veio para deixar a estação mais quente do ano ainda mais iluminada. Fazendo um remake à era Disco dos anos 1970 e 1980 e à forte tendência no início dos anos 2000, o efeito molhado volta a conquistar os holofotes do universo da maquiagem e as famosas.

“O glossy remete ao lustroso ou molhado. Pode ser usado nos olhos, pele e boca, porém, em geral escolhemos um ou dois focos, tipo pele e olhos, ou pele e boca ou olhos e boca, para não ficar muito over. Essa técnica já existe há algum tempo e sempre remete a uma pegada fashion”, revela a maquiadora Érika Baptista. 

Bem versátil, o efeito glossy pode ser usado nas mais variadas ocasiões. Eventos diurnos, noturnos, grandes festas ou jantares combinam muito bem com esse brilho, visto que muitas celebridades estão cruzando o tapete vermelho com a pele glossy como centro das atenções em produções mais glamorosas. Inclusive, o uso do gloss em outros lugares do rosto surgiu nas passarelas durante as semanas de moda e logo conquistou as produções mais urbanas. 

“Acredito que o efeito seja bem-vindo em qualquer ocasião, porém, em eventos noturnos, é possível abusar um pouco mais na iluminação da pele e sombra. O principal cuidado é não exagerar na make. Tudo tem que estar de uma forma bem natural”, aconselha o maquiador Robson Albuquerque. 

O gloss deixou de aparecer apenas nos lábios e foi para as pálpebras, criando o chamado glossy eye, e para a iluminação das maçãs do rosto. A tendência garante uma produção sofisticada para os dias mais quentes, que pedem uma maquiagem com frescor. Seja como sombra ou no lugar do iluminador, o gloss pode ser aplicado sozinho ou em cima de tons metálicos, neutros e cores vibrantes.

“O principal segredo para a pele natural e iluminada é aplicar primeiro a base, após aplicar o iluminador por toda a pele, e, em seguida, mais uma camada de base. Esse truque fará com que a pele fique iluminada. Todos os outros contornos e iluminação serão aplicados normalmente, sem nenhum mistério”, afirma Robson.

Blushes, bronzers e iluminadores em tons metálicos e perolados são as melhores pedidas para harmonizar a pele. É importante que a preparação inicial no rosto seja bem-feita para que o efeito seja bem executado.

“Quando for aplicada uma quantidade excessiva de iluminador em determinada área, sugiro que seja usado um pincel vassourinha para retirar esse excesso. O iluminador deve ser aplicado no ossinho da bochecha, meio da boca, meio do nariz, cantos internos e externos dos olhos, embaixo das sobrancelhas e na pálpebra móvel”, orienta o maquiador. 

Scroll To Top