NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Invasão na rede

Maria Molina, de 68 anos, usa as redes sociais para divulgar o grupo “Arte de Dançar”, do qual faz parte

Foto: Douglas Macedo

Por Lorena Araújo 

Eles já passaram dos 50, 60, 80 e até dos 90 anos e, mesmo assim, possuem estilo próprio e atitude de sobra. Os blogueiros da terceira idade têm milhares de seguidores nas redes sociais, estão criando tendências na moda e já até conquistaram marcas de luxo. Montando looks sofisticados a partir de peças simples ou fazendo misturas de acessórios, eles estão definitivamente abalando o mundo fashion.

A blogueira americana Helen Winkle, de 89 anos, é um fenômeno no Instagram e possui mais de 2,8 milhões de seguidores. Com seus looks maravilhosos, verdadeiras explosões de cores, Helen, mais conhecida como Baddie, possui fãs de todas as idades. Com a ajuda de uma bisneta, a blogueira começou a postar seus looks “paz e amor” nas redes. Pouco tempo depois, acumulava convites para programas de TV, festivais, premiações na MTV e todo tipo de evento. Atualmente, ela viaja pelos EUA e posta suas aventuras em fotos acompanhadas de frases engraçadas. Baddie, como é conhecida, vem ganhando cada vez mais visibilidade com seu entusiasmo e espírito jovem. Mesmo com algumas dificuldades que a velhice trouxe, a influencer continua vivendo um dia de cada vez, mostrando sempre seu bom humor e inspirando cada vez mais pessoas de todas as faixas etárias.  

Outras blogueiras da terceira idade que vêm fazendo sucesso no mundo digital são a americana Iris Apfel, de 95 anos, e a inglesa Sarah Jane Adams, de 62. As duas possuem mais de 130 mil seguidores nas redes sociais e têm acrescentado muito ao mundo digital.

Helen Winkle possui milhões de seguidores em suas redes sociais

Foto: Divulgação

Iris e Sarah são ícones para a moda, sempre usando looks extravagantes e acessórios poderosos. As duas não têm medo de ousar e se garantem em termo de confiança.

Se pelo mundo as influencers da terceira idade fazem o maior sucesso, por aqui a história não é diferente. Em Niterói, o grupo de dança “Arte de Dançar”, voltado principalmente à terceira idade, vem ganhando espaço nas redes sociais e eventos culturais da cidade. O grupo já participou de diversos festivais, o mais recente, em agosto, foi o “Fest Voice da Maturidade”, onde fez uma apresentação de dança no Teatro Popular Oscar Niemeyer.

No Instagram, o Arte de Dançar possui diferentes perfis para cada tipo de grupo de dança e também disponibiliza uma página no Facebook onde são postados vídeos e fotos das aulas e dos eventos, além de convites para a participação de novos alunos.

Maria Molina, de 68 anos, é uma das integrantes do grupo há 15 anos, e é usuária ativa das redes sociais.

“A Internet nos ajuda muito na divulgação do nosso trabalho. Temos muitos simpatizantes através da rede social, as pessoas veem os nossos convites de ‘aulões’ e vão experimentar, já conseguimos muitos alunos por conta disso”, admite.

Além de utilizar as redes sociais como divulgação de seu trabalho, Maria Molina usa como um espaço pessoal,pois acredita que gera uma interação grande com seus amigos e porque gosta de se expressar.

Scroll To Top