NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Sempre ativos

Aos 51 anos, Ana Guimarães é coach do FitCamp, programa de atividades físicas realizado em praias locais

Foto: Douglas Macedo

O aumento das temperaturas anuncia a aproximação do verão, que causa em nós um despertar de busca por mais saúde. As academias lotam, cursos de dança são procurados, pessoas saem mais de casa para se movimentar, tudo em busca da qualidade de vida e, para alguns, do corpo desejado. Deixando padrões de lado e lembrando que atividade física é, sobretudo, um pilar superimportante para a nossa saúde, existem hoje inúmeras modalidades que se adaptam ao seus gostos e estilo de vida.

Para quem busca algo que fuja da convencional academia e seus exercícios tradicionais, há hoje uma longa lista de novidades no mercado fitness e também aquelas que já são consolidadas, mas que ganham força em determinado momento com algum público específico.

A consultora de marketing e life coach Rebeca Pires, de 25 anos, pratica exercícios físicos diariamente, não importa a época do ano, sempre buscando novidades para não enjoar e perder seus estímulos. Recentemente, começou a fazer muay thai - arte marcial de origem tailandesa - pelo fato de unir e exigir força física e exercício aeróbico. 

“Ao mesmo tempo em que há uma queima calórica alta, a prática também trabalha os músculos, além de ser divertido. Acho bem mais legal do que ficar correndo em uma esteira, por exemplo”, revela a jovem, que acha importante buscar algo que você se identifique e goste: “Acredito que o ideal é buscar estar sempre em movimento, não só neste ‘projeto verão’. Espero que as pessoas que começam a buscar com este objetivo tomem gosto pela vida saudável e levem isso pro dia a dia mesmo depois que o verão acabar”.

Rebeca Pires começou a fazer muay thai pelo fato de unir e exigir força física e exercício aeróbico

Foto: Lucas Benevides

Segundo o professor de muay thai Daniel Agostinho, de 36 anos, a modalidade traz uma série de benefícios, como o aumento da autoestima, autocontrole, raciocínio rápido, aumento da coordenação motora, queima de gordura excessiva, tonifica a musculatura, aumento da flexibilidade, defesa pessoal e melhora da qualidade de vida, podendo ser um antidepressivo. 

“O muay thai está tendo muita procura para quem busca uma atividade mais dinâmica, diferente a cada treino, intensidade variada, pelos seus benefícios e pela grande queima calórica”, conta o professor, que observa a grande procura pela modalidade, sobretudo de mulheres e casais: “São esses a grande maioria dos meus alunos. Todos que iniciam os treinos sentem uma grande melhora na qualidade de vida”.

Há também quem busque atividades ao ar livre, seja pela sensação de liberdade, pelo estímulo visual ou pelo baixo custo de investimento. A advogada de 51 anos Ana Maria Guimarães é coach do FitCamp, um programa de atividades físicas realizado em diversas praias em Niterói. São oferecidos treinos gratuitos de circuito de praia funcional, HITT, sigla em inglês que significa ‘treino intervalo de alta intensidade’, e zumba, a famosa dança fitness criada na Colômbia nos anos 90.

“Nossa equipe começou há um ano e meio com apenas um treino por semana na Praia de Icaraí. No mês seguinte, já fazíamos duas vezes na semana, até que vimos a necessidade de ter uma turma de manhã e outra à noite”, conta a advogada, que revela planos de ampliar cada vez mais o programa: “Hoje, o FitCamp acontece nas praias de Icaraí, São Francisco, Itaipu e Itaipuaçu. Nosso objetivo é alcançar o maior número de pessoas possível, avançando para outros bairros, praias e cidades”. 

Quem está muito feliz com os resultados dos treinos é Fernanda Soares, de 36 anos, que, apesar de inscrita no programa há apenas dois meses, já nota os efeitos positivos que as atividades na praia lhe têm proporcionado. 

“É muito acessível pelo fato de acontecer em diversos lugares e ter horário flexível. Neste tempo em que estou fazendo, além de perder peso, me sinto mais ativa. Está sendo bem bacana”, afirma. 

Scroll To Top