NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Crescimento econômico em foco

A Casa do Empreendedor, no Shopping Bay Market, no Centro de Niterói, aparece como um grande facilitador para quem deseja abrir o próprio negócio

Foto: Lucas Benevides

O Grupo Fluminense Multimídia reúne, desta terça-feira (8) até quinta-feira, no auditório da Universidade Candido Mendes, no Centro de Niterói, autoridades e especialistas para debater o desenvolvimento econômico na região Leste Fluminense. O evento terá início às 9h e acontecerá até as 12h. As inscrições se encerraram nesta segunda-feira (7).

No primeiro dia do seminário, a abertura ficará a cargo de Mirella Marchito Condé, analista sênior do Sebrae-RJ, que falará sobre os cuidados e perspectivas para quem vai abrir o próprio negócio. 

Sobre o empreendedorismo na cidade, um dos pontos abordados será a Casa do Empreendedor, no Centro de Niterói, responsável por atender mais de 8 mil pessoas em apenas dois anos. Além disso, o empreendimento já criou mais de duas mil empresas na cidade.

Em seguida, o primeiro debate do encontro. O tema será a qualificação profissional e a importância do estágio, que será debatido por especialistas do Instituto RH-LF (Recursos Humanos do Leste Fluminense) e do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). 

Quem também estará no debate é o superintendente do CIEE, Paulo Pimenta Gomes. O órgão, um dos mais importantes do setor, faz a ligação entre estudantes e empresas para a contratação de estagiários. É entidade de assistência social que, por meio de diversos programas, possibilita aos adolescentes e jovens uma formação integral, ingressando-os no mercado de trabalho. 

Quem vai mediar o debate é Marcelo Lessa dos Anjos, consultor empresarial, professor e psicopedagogo da Ucam.

O evento conta com o apoio acadêmico da Universidade Candido Mendes e apoio da Prefeitura de Niterói e da PredialNet.

Histórico – Desde 2015, o Grupo Fluminense Multimídia vem realizando, em parceria com a Universidade Candido Mendes, seminários sobre assuntos relevantes para a cidade de Niterói e demais municípios do Leste Fluminense. Mobilidade urbana, meio ambiente e sustentabilidade e turismo foram alguns dos encontros promovidos na Ucam, sempre com a participação de autoridades estaduais e municipais, além de representantes de instituições da sociedade civil. O seminário faz parte das comemorações pelos 140 anos de O FLUMINENSE, o terceiro jornal mais antigo do País e primeiro no Estado com circulação ininterrupta.

Programação completa

O segundo dia do seminário, 9 de maio, irá apresentar o diagnóstico e expectativas de duas importantes áreas econômicas no Leste Fluminense: a indústria e o comércio. A primeira mesa de debates, sobre a indústria, irá reunir o presidente da Firjan Leste Fluminense, Luiz Césio Caetano, e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Niterói, Luiz Paulino Moreira Leite, que também preside a Associação Comercial e Industrial do Estado do Rio de Janeiro.

O terceiro e último dia do seminário sobre desenvolvimento econômico no Leste Fluminense contará com representantes da Petrobras e das Prefeituras de Niterói, Itaboraí e Maricá, tendo o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, como tema principal. 

Alexandre Teixeira Martins, gerente setorial de Avaliação e Monitoramento de Projetos da Petrobras, irá apresentar os principais projetos para a região e o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, que preside o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste), irá falar sobre os benefícios para os municípios, assim como o prefeito de Itaboraí, Sadinoel Souza, e de Maricá, Fabiano Horta.

O diretor da Ucam Niterói, José Carlos Oliveira dos Santos, irá mediar o encontro.


Scroll To Top