22
Ter, Set

Como a espiritualidade é importante no combate à pandemia

Momento de dúvidas e medo relacionado como novo coronavírus propõe mudanças na maneira de ver a vida

Coronavírus
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Com o avançar da pandemia de Covid-19, a maioria dos países adotou medidas rígidas de prevenção, incluindo o isolamento social. O impacto da crise também foi sentido na economia, forçando milhões de pessoas a mudarem a maneira de trabalhar. Apesar de essa nova realidade induzir o desequilíbrio emocional em grande parte da população, também ressalta a importância da espiritualidade em momentos desafiadores como o que estamos vivendo. Historicamente, as epidemias levam os indivíduos a reflexões existenciais profundas, como observamos no livro: A peste, de Albert Camus.

Segundo o Dr. Walmick Bezerra de Menezes, coordenador da Clínica Médica do CHN, é inegável a influência da mente sobre o corpo. Quando estamos sob efeito constante de estresse, por exemplo, tendemos a apresentar cefaleia, hipertensão, insônia e arritmias cardíacas. Não por acaso, especialistas indicam a prática de exercícios físicos e hobbies para promover o relaxamento e diminuir o estresse, visando à preservação da saúde.

“Em um momento atípico como o que estamos vivendo, é comum que episódios de ansiedade, insegurança e até mesmo depressão surjam no dia a dia, comprometendo a qualidade de vida. O sofrimento tem sido intenso para os pacientes com Covid-19 e os profissionais de saúde que os atendem”, explica o médico.

Mesmo que o medo surja, é importante manter a espiritualidade e o pensamento positivo, com a esperança de que dias melhores virão. Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu os efeitos positivos que as crenças religiosas e os bons pensamentos têm na saúde das pessoas, razão pela qual inseriu a espiritualidade oficialmente como um conceito de saúde. Segundo o Dr. Walmick, o efeito benéfico é percebido, principalmente, em pacientes em situações mais complexas, como aqueles em estado terminal.

“Estudos epidemiológicos conduzidos pela Universidade de Duke, nos Estados Unidos, evidenciaram diversas correlações entre saúde e espiritualidade que impactaram diretamente na recuperação de pacientes. Isso resultou em menor tempo de permanência hospitalar, taxas menores de depressão e ansiedade, índice reduzido de doenças cardiovasculares e maior longevidade”, afirma o médico. Outro estudo da Universidade de Harvard sugeriu uma possível relação “dose-dependente” dos benefícios da espiritualidade sobre a saúde: quanto maior e mais sincera a devoção, maiores os benefícios. Foram observadas também vantagens para os profissionais de saúde que cuidam de pacientes graves.

Manter o pensamento positivo e a crença na espiritualidade durante uma pandemia pode ser desafiador, mas a tranquilidade trazida pela devoção e o otimismo pode fazer a diferença no dia a dia e ajudar a suportar melhor as tribulações inevitáveis da vida. Ocupar o tempo livre com momentos diários de meditação, oração ou leitura edificante são recursos para refazer as energias e o ânimo para o bom combate. combate. ânimo para o bom combate.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.