22
Ter, Set

Brasil já tem 359 mortes e 9.056 casos de coronavírus

Forças Armadas promovem ação de desinfecção contra o vírus em hospital - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Saúde
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no Brasil subiu de 7.910 para 9.056 entre a última quinta (2) e esta sexta-feira (3), conforme a atualização do Ministério da Saúde. O número de óbitos por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, saltou de 299 para 359. O índice de letalidade, que era de 3,5% no início da semana, foi para 3,8% na quinta e chegou a 4% no balanço anunciado nesta sexta.

As mortes ocorreram em São Paulo (219), Rio de Janeiro (47), Ceará (22), Pernambuco (10), Amazonas (7), Minas Gerais (6), Distrito Federal (5), Bahia (5), Rio Grande do Sul (5), Santa Catarina (5), Paraná (4), Piauí (4), Espírito Santo (4), Rio Grande do Norte (4), Sergipe (2), Alagoas (2), Goiás (2), Maranhão (1), Mato Grosso do Sul (1), Mato Grosso (1), Pará (1), Paraíba (1) e Rondônia (1).

Os novos casos totalizaram 1.146. O resultado significou um aumento de 15% em relação ao total registrado antes. Foi o maior número de novos casos em um dia desde o início da série.

Já as novas mortes em um dia também bateram recorde, com 60. Nos quatro dias desta semana, os números de novas mortes foram de 23, 42, 40 e 58. No tocante ao perfil, 57,7% eram homens e 42,3%, mulheres. No recorte por idade, 85% das vítimas tinham acima de 60 anos.

Já com relação às doenças de pessoas que faleceram, 164 tinham alguma cardiopatia, 114 tinham diabetes, 45 passavam por alguma condição respiratória e outros 30 apresentavam alguma patologia neurológica. As hospitalizações por Covid-19 totalizam 1.769.

No Rio - O estado fluminense, que já conta com 47 óbitos e 1.074 casos confirmados, tem, representativamente, um aumento de 82 casos de pacientes infectados e mais seis mortes, nas últimas 24 horas.

As novas mortes foram registradas na capital, com cinco casos, e em São João de Meriti, um caso. A vítima mais nova tinha 44 anos, um homem de São João de Meriti, e a mais velha, 88 anos, também um homem, do Rio. A média de idade das vítimas era de 62 anos.

Entre os casos confirmados, 80% estão concentrados na capital, que lidera com 867 doentes, seguida por Niterói, 65; Volta Redonda, 44; Petrópolis, 13; Nova Iguaçu, 11; São Gonçalo, 10; Duque de Caxias, 9; Itaboraí, 6; Maricá, 5; Magé, 4; Barra Mansa, 3; Belford Roxo, 3; Rio das Ostras, 3; São João de Meriti, 3: Barra do Piraí, 2; Itaguaí, 2; Macaé, 2; Queimados, 2; Resende, 2; e Rio Bonito, 2.

Os municípios de Angra dos Reis, Araruama, Arraial do Cabo, Campos dos Goytacazes, Guapimirim, Iguaba Grande, Mangaratiba, Miguel Pereira, Nilópolis, Porciúncula, São Pedro da Aldeia, Seropédica, Teresópolis, Três Rios e Valença têm um caso cada.

 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.