São Gonçalo vacina idosos a partir de 71 anos nesta quarta

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

São Gonçalo começa a vacinar idosos com mais de 71 anos contra o coronavírus nesta quarta-feira (31), a partir das 8h. Ao todo, nove pontos de vacinação estão disponíveis, sendo três com drive thru até as 17h. A Secretaria Municipal de Saúde informa que não há necessidade de corrida aos locais nas primeiras horas da manhã, já que as vacinas estão garantidas para o público-alvo até o próximo sábado (3) e a procura é menor no período da tarde.

Seguindo o calendário, nesta quarta-feira (31) e quinta-feira (1º), começam a ser vacinados idosos com mais de 71 anos e na sexta-feira (02) e sábado (03), os idosos com mais de 70 anos. Além dos idosos, profissionais da saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais da cidade ou que moram em São Gonçalo e atuam em hospitais de outros municípios também podem se vacinar.

A secretaria também imuniza com a segunda dose da vacina CoronaVac, idosos e funcionários da saúde que têm mais de 21 dias de vacinados. Para a segunda dose, todos devem estar munidos com o comprovante da primeira dose da vacina CoronaVac aplicada pela Secretaria Municipal de São Gonçalo. Aqueles que não levarem o comprovante ou apresentarem comprovante de outra cidade, não serão imunizados. Os que foram vacinados com o imunizante Oxford/Astrazeneca devem aguardar o intervalo da vacina, que é de 12 semanas.

Idosos acamados com mais de 71 anos que são atendidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF) estão sendo vacinados em casa. Parentes e responsáveis de acamados ou com mobilidade reduzida, com mais de 71 anos, que não são atendidos pelo programa, podem procurar unidades de saúde mais próximas de suas residências para cadastrar o idoso para receber a vacina em casa ou podem fazer o cadastro através do email [email protected]

A população pode acompanhar o site www.saogonçalo.rj.gov.br e as redes sociais da Prefeitura, que informam sobre a vacinação e quem tem prioridade.

Balanço - Desde o início da campanha, a cidade vacinou com a primeira dose 73.397 pessoas, sendo 22.511 trabalhadores da saúde, 46.888 idosos com mais de 72 anos, 1.638 funcionários e pessoas em Instituições de Longa Permanência (Ilpis), 105 pessoas de residências terapêuticas, dois indígenas e 2.253 acamados. Até as 16h desta terça-feira (30), 22.191 pessoas tinham sido imunizadas com a segunda dose.