Niterói realiza operação de acolhimento emergencial à população de rua

Equipes da Prefeitura de Niterói percorreram nesta quarta as regiões sul e central da cidade - Foto: Douglas Macedo / Prefeitura de Niterói

Niterói
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (SMASES), iniciou nesta quarta-feira uma ação intensificada das equipes de abordagem nas ruas dos bairros que concentram a maior parte da população em situação de rua na cidade. O objetivo é oferecer acolhimento emergencial nesses dias de frio intenso e, posteriormente, os serviços dos equipamentos da secretaria para aqueles que demonstrarem interesse.

O secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Vilde Dorian, ressaltou que esta é uma ação preventiva por conta da esperada onda de frio na cidade.

“Em função da frente fria, intensificamos nossa abordagem com pessoas em situação de rua. Direcionamos, temporariamente, alguns profissionais de outros equipamentos da secretaria para essa ação. O objetivo é garantir os direitos desse público em um momento tão delicado”, reforçou o secretário.

A ação está concentrada nas regiões sul e central da cidade, porém todos que precisem de acolhimento podem procurar o Centro Pop (Rua Coronel Gomes Machado, 259 – Centro).

De acordo com o coordenador da equipe de abordagem, Eric Moura, “os acolhidos nesse período serão atendidos nos equipamentos, podendo ou não continuar com o acolhimento de acordo com a demanda e perfil de cada usuário”.

Niterói possui uma rede de atendimento para população em situação de rua que conta com equipes de abordagem social especializada, Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) e cinco unidades de acolhimento (abrigos). A Secretaria ampliou as vagas em acolhimento com a contratação de hospedagem em hotel - aumento de 60% das vagas.

Os hotéis e centros de acolhimento têm, juntos, 190 vagas para pessoas em situação de rua. O projeto de acolhimento emergencial em Hotel Popular, desde a sua contratação em abril de 2020, já atendeu 687 pessoas em situação de rua.

Nas unidades de acolhimento, as pessoas recebem atendimento de assistentes sociais, psicólogos e orientação jurídica, encaminhamento para serviços de saúde, trabalho e renda e documentação civil.