NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Educação niteroiense em pauta

O vereador Renatinho (Psol) conduziu a audiência pública que discutiu Educação, na Câmara Municipal de Niterói

Rafael Lopes/Divulgação

Em audiência pública realizada na Câmara Municipal de Niterói, nesta semana, funcionários administrativos, pais e alunos compareceram para cobrar soluções para problemas na Educação nos níveis municipal, estadual e federal na cidade. Organizada pela bancada do Psol no Legislativo niteroiense, por meio dos mandatos dos vereadores Renatinho e Paulo Eduardo Gomes, o evento também contou com a presença do deputado estadual Flavio Serafini, da deputada federal Talíria Petrone, ambos do mesmo partido, e representantes do Sepe-Niterói.

Entre os encaminhamentos deliberados no encontro, está o de articular uma reunião entre o prefeito Rodrigo Neves e representantes do Sepe, através da Comissão de Educação do Legislativo Municipal.

Na oportunidade, a diretora do Sepe-Niterói, Josiane Peçanha, detalhou sua visão sobre os problemas na rede municipal de ensino.

"Faltam bibliotecas e bibliotecárias. O que existe na maioria das escolas são salas de leitura. Além disso, as salas de recurso são inadequadas para crianças com deficiência. Há muito assédio moral aos professores, que também sofrem com excesso de carga de trabalho. Muitos estagiários de Pedagogia suprem carência de professores concursados", explicou.

Além do encontro com o prefeito, também foram encaminhadas a instalação de um Grupo de Trabalho permanente de Educação com reuniões regulares a nível municipal; a cobrança pela anistia referente às greves e paralisações; a reconvocação dos profissionais de apoio aprovados no último concurso; a migração dos profissionais de 24 para 40 horas no Plano de Cargos e Salários e a inclusão dos profissionais de apoio também na categoria de 40 horas; entre outras reivindicações.

 

Alta procura

O serviço de remoção de entulho e bens inservíveis é o mais solicitado desde o início das operações, em 2011, da Central de Atendimento do 1746. Só no primeiro semestre deste ano, foram 83.238 solicitações, uma média de 14.420 por mês.

São Gonçalo recebe peça francesa

A Escola Nice Mendonça, em Venda da Cruz, em São Gonçalo, recebeu uma peça francesa na última segunda (26)

A Escola Nice Mendonça, em Venda da Cruz, em São Gonçalo, recebeu uma peça francesa na última segunda (26)

Divulgação

A Escola Nice Mendonça, em Venda da Cruz, em São Gonçalo, teve um dia diferente nesta semana. A unidade recebeu a peça "Boum Mon Boeuf", uma ópera de bolso levada ao colégio pelo Consulado Francês, que tem o bumba-meu-boi como tema principal. A diretora Rosana Melo explicou que, para receber o espetáculo, toda escola se mobilizou. "O trabalho começou na semana passada envolvendo toda equipe, desde a direção, professores, coordenadores até os funcionários administrativos", disse.

Atendimento pelas redes

A Prefeitura do Rio anunciou, nesta terça-feira (27), que cidadãos cariocas poderão solicitar serviços de remoção de entulho e bens inservíveis pela página da Central de Atendimento do 1746 no Facebook. Os munícipes que quiserem realizar a demanda já podem entrar pelo endereço virtual https://www.facebook.com/Central1746/, clicar no botão "Enviar mensagem" e especificar o pedido. A prefeitura também ressalta que o serviço por meio do WhatsApp, que já era ofertado, continua sendo utilizado.

Não ao aumento do fundão

Organizações e movimentos da sociedade civil que compõem a plataforma de ação conjunta Pacto Pela Democracia lançaram, nesta semana, a campanha "Não ao aumento do fundão". A mobilização produziu um site, no qual cidadãos podem enviar e-mails pressionando os parlamentares a votarem contra o aumento do fundo eleitoral.

Renovação

Entre os apoiadores da iniciativa estão movimentos de renovação política, que juntos elegeram bancadas consideráveis no ano passado, como Livres, Acredito e Bancada Ativista, além de organizações da sociedade civil, como Movimento Transparência Partidária e Plataforma pela Reforma do Sistema Político.

Ética e cidadania nas escolas

Em tempos de extremismos políticos e discussões acaloradas, a Fundação Municipal de Educação de Niterói (FME) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deram a largada para implantar nas escolas da rede municipal um programa voltado para ética e cidadania. Os presidentes da FME, Bruno Ribeiro, e da Comissão OAB Vai à Escola, Alcilene Mesquita, além da superintende jurídica da FME, Ellen Nascimento, se reuniram nesta semana para começar a traçar diretrizes. "A escola é importante não só para a transmissão do conhecimento, mas também de valores e princípios que são primordiais para a formação dos alunos", disse Ribeiro.

Capacitações de olho em 2020

Com início na próxima segunda (2), o projeto "A Arte Gerando Renda", da ONG Favela Mundo, oferece cursos de capacitação profissional em maquiagem social e artística, decoração de unhas e tranças, entre outros, gratuitamente, na Cidade de Deus. Entre as oportunidades de ganhos para quem fizer o curso, financiado pelo Instituto Invepar e pela Lamsa, está o Carnaval 2020.

Cães resgatados na Zona Oeste

Os cães foram resgatados na manhã desta terça (27), com auxílio de um vereador e agentes da prefeitura

Os cães foram resgatados na manhã desta terça (27), com auxílio de um vereador e agentes da prefeitura

Divulgação

Sete cães que sobreviviam em condições de maus-tratos e em ambiente insalubre, no bairro de Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio, foram resgatados nesta terça (27). A iniciativa foi tomada após o vereador carioca Luiz Carlos Ramos Filho (Pode) receber, na última semana, denúncias sobre as condições dos caninos e acionar agentes da Subsecretaria de Bem-estar Animal (Subem) da Prefeitura do Rio. Os tutores foram multados em R$ 2 mil.

PRA VOCÊ PENSAR

"A lei do retorno é uma espécie de dívida imprescritível, em que mais cedo ou mais tarde todos irão ao encontro do chamado acerto de contas."

Ricardo Fischer

Scroll To Top