NITERÓI/RJ
Min:   Max:
Educação e Novas Tecnologias

Suzana Fernandes é graduada em pedagogia pela Uerj e em música pela UFRJ. Especializada em educação à distância e em planejamento, implementação e avaliação pela PUC-MG. Professora de música e de ensino religioso da rede municipal do Rio de Janeiro e palestrante internacional sobre o tema e-learning. E-mails para esta coluna: [email protected]

Estudo revela um panorama atual da educação no Brasil

Educação brasileira

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O nosso sistema educacional tem 48,5 milhões de alunos na Educação Básica (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio), sendo que 39,8 milhões estão matriculados na rede pública de ensino. Para atender todos os alunos, o Brasil tem 181,9 mil escolas e cerca de 2,2 milhões de docentes.

A matrícula diminuiu em 1,3 milhão a menos em relação ao censo de 2016, resultado da evasão escolar em geral a partir dos 15 anos por motivo de trabalho. As meninas continuam a estudar e são maioria no ensino médio, segundo o resumo técnico do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Confira outros dados do estudo:

Estrutura física

Grande parte das escolas brasileiras, em especial no norte e nordeste, têm uma estrutura inadequada, ainda no século XIX, sem quadra de esportes, biblioteca, salas de leitura, mobiliário e o acesso à internet.

Levantamento da estrutura física das escolas brasileiras:

No Ensino Fundamental menos de 50% das escolas têm quadras de esporte.

Quando o assunto é laboratório de ciências, não chega a 20% as escolas que possuem.

60,7% das creches têm banheiros adequados à Educação Infantil, mas não contamos com banheiros com acessibilidade para deficientes.

82,7% das escolas que oferecem Ensino Médio contam com laboratórios de informática.

Matrículas

As matrículas na educação infantil cresceram 11,1% nos últimos cinco anos, chegando a 8,7 milhões de estudantes matriculados. O ensino fundamental registrou 27,2 milhões de matrículas em 2018, número 4,9% inferior ao registrado em 2014. Os anos finais tiveram maior queda em relação aos iniciais. O ensino médio registrou 7,7 milhões de matrículas no ano de 2018, uma queda de 7,1% em relação ao últimos cinco anos.

Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Também houve queda no número de matrículas da Educação de Jovens e Adultos (EJA). De acordo com o levantamento, 2018 apresentou 1,5% de matriculados a menos do que o ano anterior, totalizando 3,5 milhões de estudantes.

Educação Profissional

A educação profissional registrou crescimento de 3,9% em relação a 2017, ou seja, mais jovens optam por fazer o ensino médio profissional buscando formação inicial para o trabalho.

Educação Especial

A Educação Especial deu um salto se comparada a 2014, já que foi registrado um crescimento de 33,2% nas matrículas. De acordo com o Censo, o aumento foi gerado pelo maior número de matriculados no ensino médio nesta modalidade educacional.

Distorção de idade/série

A distorção é maior em estudantes do terceiro ano do ensino fundamental (quando há a repetência de fato em determinadas redes), acentuando-se no sexto ano e na primeira série do ensino médio.

Formação de professores

Uma parte significativa leciona disciplinas sem ter a formação adequada ao currículo exigido pela aula. Nos anos finais do Ensino fundamental, apenas 56% dos professores de matemática são formados na área.

Planejamento

Para o professor que já vai começar a planejar suas aulas, a dica é acessar o portal do MEC, na área do professor, e obter as aulas prontas disponíveis, com explicações em vídeo e diversos materiais que poderão auxiliar na elaboração das aulas, tornando-as maisexplicativas e atrativas. O endereço do site é: portaldoprofessor.mec.gov.br

Metodologia

Outra dica é o 'Curso de Metodologia Lúdica' online e gratuito para professores e leigos. Nele o aluno aprende estratégias e métodos lúdicos para encantar seus alunos com técnicas como:introdução à metodologia lúdica; lúdico como forma de ensino e aprendizado, métodos lúdicos e estratégias lúdicas de ensino. A incrição para as aulas deve ser feita no site:conteudo.caedjus.com

Scroll To Top