NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Pedágio fica mais caro na RJ-116

A partir da próxima quinta-feira, dia 1º de agosto, o pedágio da RJ-116 passará por reajuste. O novo valor da tarifa básica para carros passa a ser R$ 6, isto é, R$ 0,20 mais caro do que o valor atual. Para caminhões e ônibus de até dois eixos, a tarifa será de R$ 12 e para veículos de três a seis eixos, o valor passa a ser R$ 24.

A RJ-116 conta com quatro praças de pedágio, localizadas em Itaboraí, Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo e Cordeiro. A Rota 116, concessionária que administra a via, informou que o reajuste é anual e que faz parte do contrato de concessão estabelecido com o Governo do Estado. O aumento foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio nesta terça-feira (30).

Furnas vai ‘enxugar’ quadro

Furnas Centrais Elétricas pretende lançar um programa de demissão voluntária (PDV) para reduzir o quadro de funcionários de 4 mil, com mil terceirizados, para 2.751. Ainda não há data marcada para o lançamento do plano. O presidente da empresa, Luiz Carlos Ciocchi, disse que o número foi definido pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), vinculada ao Ministério da Economia. “Os planos de demissão consensuada dependem da Eletrobras, que procura fazer isso de uma forma uniforme e ao mesmo tempo em todas as empresas. Esse número vem decrescendo a taxas significativas. É difícil. Mas temos o direcionamento de que não podemos comprometer nossas operações”, afirmou Ciocchi.

Mudança para o Centro do Rio

O presidente de Furnas confirmou que a estatal vai mudar a sede de lugar, trocando a Rua Real Grandeza, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, onde está há 48 anos, pelo Centro da cidade, na Avenida Graça Aranha. Furnas ocupará um prédio de 20 andares que pertence à companhia Vale. A economia estimada com a mudança será de R$30 milhões por ano. A transferência está prevista para o primeiro trimestre do ano que vem.

‘Amor em cada fio’

Em 7 de agosto, das 9h às 13h, no Auditório Aluíso de Paula, do Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap), acontecerá a campanha “Amor em cada fio”, para arrecadação de cabelo. As mechas serão usadas na confecção de perucas que serão doadas a pacientes.

Reforço na autoestima

Além das mulheres que precisam se submeter à quimioterapia, as perucas são destinadas às pacientes com alopécia (calvície feminina) grave. A campanha, que é promovida por alunos de Medicina da universidade, chegou a arrecadar no ano passado 546 mechas de cabelo.

Famílias: consumo mais estável

O Índice de Consumo das Famílias (ICF - RJ) manteve-se quase estável no monitoramento de julho, frente ao mês anterior, e apresentou redução de 0,4 ponto. A desaceleração do processo de deterioração do índice - que teve quatro quedas consecutivas a partir de abril - sinaliza que está em curso um processo de reversão da trajetória de queda. Os dados são do Instituto Fecomércio RJ de Pesquisas e Análises (IFec RJ).

MP Digital e governança

A Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) recebe na sexta-feira, 2 de agosto, às 11h30, o procurador-geral de Justiça Eduardo Gussem, que vai participar do Almoço do Empresário. Gussen fará uma palestra sobre o Ministério Público Digital e a nova governança.

Paraciclos na R. Oceânica

A Prefeitura de Niterói está fazendo uma consulta pública até esta quarta-feira, 31 de julho, para saber da população quais seriam os pontos ideais para instalação de paraciclos (vagas para bicicletas) na Região Oceânica. A consulta é feita através do aplicativo Colab.

Scroll To Top