NITERÓI/RJ
Min:   Max:
Panorama RJ

Por dentro das Casas Legislativas, por Lucas Schuenck. [email protected]

Crivella dá posse à nova secretária

Tia Ju substitui o vereador João Mendes de Jesus que ficou à frente da secretaria desde abril de 2018

Divulgação

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deu posse nesta terça-feira (21) à nova secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Jucélia Oliveira Freitas, a Tia Ju, em cerimônia no Palácio da Cidade, em Botafogo. A nova secretária substitui o vereador João Mendes de Jesus que ficou à frente da secretaria desde abril de 2018.

Tia Jú está em seu segundo mandato como deputada estadual na Alerj onde já atuou como presidente da Comissão de Assuntos da Criança, do Adolescente e do Idoso, como vice-presidente da Comissão de Combate a Discriminações e Preconceitos, e como membro da Comissão da Mulher.

"Aceitei este desafio de ser secretária de Assistência Social e Direitos Humanos do nosso município porque, ao longo da minha trajetória na vida e na política, tenho me dedicado a cuidar de quem mais precisa. Minha atuação na Alerj sempre foi pautada na defesa dos direitos de crianças, mulheres e negros, adoção, entre outras questões com viés social. Sei que teremos muito trabalho, mas tenho certeza que vamos conseguir resultados importantes para a população do nosso município", disse Tia Ju.

Ao empossar a nova secretária, Crivella elogiou o trabalho como deputada e sua parceria com a Defensoria Pública e o Ministério Público em prol dos mais necessitados.

"Espero muito que a sua parceria com a Defensoria e com o Ministério Público seja abençoada. Prossiga, vá em frente, Lembre-se das crianças nas ruas, dos homens de baixo das marquises, encontre forças nas cracolândias, naquela gente perdida que hoje tem em você uma servidora, uma esperança, uma amiga de verdade".

Nas eleições de 2018, Tia Ju foi reeleita deputada estadual com 56.766 votos para o seu segundo mandato e se tornou 3ª vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Novo secretário em Cabo Frio

O prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, deu início, na manhã desta terça-feira (21), à transição de gestores da Secretaria Municipal de Educação (Seme). O chefe do executivo apresentou o novo secretário, Ian Eduardo de Carvalho Barreto, e o chefe de gabinete, Rafael Fagundes de Araújo, à equipe de servidores e funcionários. O advogado substitui a ex-secretária Márcia Almeida, que deixa o cargo por motivos pessoais.

Megablocos sem horários definidos

Mais um encontro foi agendado para a próxima sexta-feira (24) em busca de um acordo para definir os horários dos desfiles dos megablocos Simpatia É Quase Amor e Banda de Ipanema. A nova data foi acordada durante reunião nesta terça-feira (21), entre a secretaria municipal de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos, Felipe Michel, e os representantes dos blocos de Carnaval, no Centro de Operações Rio.

Pedido local

Na última sexta-feira, a Prefeitura do Rio anunciou que haverá apenas uma apresentação de megabloco por dia, sempre no Centro da Cidade, começando às 7h. Assim, nesses dias, não haverá migração em massa de foliões do Centro para Zona Sul, uma das principais reivindicações das associações de moradores, que elogiaram as mudanças.

Argumentos

Os idealizadores desses blocos, que não estiveram de acordo com o horário tão cedo, apresentaram argumentos ao secretário Felipe Michel, que ficou de levar as sugestões ao prefeito Marcelo Crivella.

Comissão de suporte

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras criou uma comissão técnica de prontidão para auxiliar os municípios em situação de emergência devido às últimas chuvas.

"Estamos buscando definir junto aos municípios afetados pelas chuvas as necessidades de cada um e trabalhar com as demais secretarias estaduais no pronto atendimento às principais demandas. É importante, nesses momentos de emergência, agilizar as ações para minimizar o sofrimento da população e as perdas econômicas das cidades", frisou o secretário Bruno Kazuhiro.

A comissão esteve em Itaperuna, nesta segunda-feira (20) e em Teresópolis, nesta terça-feira (21) a fim de avaliar as necessidades e auxiliar na resolução dos principais problemas.

Início de obras no Museu do Samba

O Museu do Samba teve origem no Centro Cultural Cartola, instituição dedicada a celebrar a memória do célebre sambista e a promover a inserção da juventude local através da arte, educação e valorização da cultura

O Museu do Samba teve origem no Centro Cultural Cartola, instituição dedicada a celebrar a memória do célebre sambista e a promover a inserção da juventude local através da arte, educação e valorização da cultura

Divulgação

O Museu do Samba, localizado na Mangueira, vai receber reformas da cobertura e recuperação do sistema de drenagem das águas pluviais. Uma cerimônia para celebrar o início das obras será realizada nesta quarta-feira (22), à partir das 17h.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) designou aproximadamente R$ 1.580.000 para a reparação, previstas para durar oito meses.

MPF defende parto domiciliar

O Ministério Público Federal (MPF) discordou da proibição do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) para quaisquer participações de médicos em partos domiciliares.

Anulação de resoluções

Para o MPF, a participação deveria ser admitida se não há hospital onde a gestante reside. O entendimento está em parecer ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), que julgará recursos no processo onde o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-RJ) pede, alegando vício de legalidade e constitucionalidade, a anulação das resoluções do Cremerj sobre vedação a médico em parto domiciliar e a vedação de doulas e parteiras em partos em hospitais.

Plantio de árvores nativas

Na foto o presidente da Pestalozzi, José Raymundo e o diretor da Clin, Luiz Vicente, acompanhados de servidores plantam uma muda de grumixama

Na foto o presidente da Pestalozzi, José Raymundo e o diretor da Clin, Luiz Vicente, acompanhados de servidores plantam uma muda de grumixama

Divulgação

Cerca de 30 mudas de árvores nativas da mata atlântica estão sendo plantadas na área de 80 mil metros quadrados da Associação Pestalozzi, no bairro Badu, em Niterói. A ação de plantio e florestamento faz parte da parceria da instituição com a Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin).

São árvores como Pau Brasil, ipês roxos, brancos e amarelos, aroeira, angico e araçá. Há ainda, espécies frutíferas como cajá, abil, manga, grumixama, amora e pitangas.

Scroll To Top