NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Arraial do Cabo: construção irregular é localizada em área de preservação

Flagrante foi possível graças à denúncia feita ao programa Linha Verde

Casa estava sendo erguida no bairro Caiçara. No local, foi encontrado um homem trabalhando e material de obra

Divulgação/Linha Verde

Na terça-feira (10), após encaminhamento de informações do Linha Verde, programa do Disque-Denúncia do Rio voltado para meio ambiente, policiais militares da 8ª UPAm (Costa do Sol) se dirigiram ao bairro Caiçara, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, onde flagraram uma construção irregular em área de preservação permanente.

De acordo com os agentes, a denúncia do Linha Verde citava que na Rua Olívia Coelho Vidal era possível avistar uma área desmatada onde havia indícios de construção irregular. Questionado pelos policiais, um homem que trabalhava na localidade informou que não sabia que o terreno era Área de Proteção Permanente (App) do Parque Estadual da Costa do Sol e disse ainda que o dono não se encontrava no local naquele momento.

Diante dos fatos e com base no artigo 60 da Lei de Crimes Ambientais, os militares conduziram com o acusado, juntamente com alguns materiais utilizados em obras, à 132ª DP (Arraial do Cabo), onde a ocorrência foi registrada.

Na Região dos Lagos a população pode denunciar crimes ambientais ao Linha Verde, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou pelo aplicativo disponível para celulares "Disque Denúncia RJ" enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Scroll To Top