NITERÓI/RJ
Min:   Max:
Seus Negócios

Ulisses Dávila fala sobre o mundo corporativo, profissional, qualificação e marketing. Sugestões para [email protected]

Leituras essenciais para a liderança

Obras essenciais para gestão de pessoas, segundo Mendes

Divulgação

Poucas coisas são tão determinantes para o desempenho de uma companhia quanto a competência de seus colaboradores. Saber como gerenciá-los é uma tarefa exige cuidado e para nos auxiliar nessa missão, Guilherme Mendes, CEO do 12min, aplicativo de leituras curtas em áudio e texto, preparou uma lista com 5 obras essenciais para esse fim.

Administração de Alta Performance, de Andrew Grove (Futura) Neste livro, o ex-presidente da Intel, Andrew Grove, narra o que fazer para que o processo de seleção seja assertivo e a entrega da equipe, positiva. De quebra, o autor evidencia o conceito de OKR, como montar uma linha de produção, reter seus talentos e remunerar justamente os funcionários.

Rápido e Devagar, de Daniel Kahneman (Objetiva) Best-seller escrito pelo ultra-premiado economista Daniel Kahneman explica como as nossas atividades mentais são influenciadas e o papel da intuição nesse processo é útil para analisar as atitudes, motivações e anseios dos colaboradores de um negócio e, a partir disso, incentivá-los a usar essas emoções positivamente.

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, de Dale Carnegie (Companhia Editora Nacional) Com mais de 50 milhões de exemplares vendidos uma leitura quase obrigatória para quem trabalha com pessoas. Apresenta técnicas práticas, teorias pedagógicas, exemplos reais e atalhos acessíveis sobre a arte envolvida nos tratos interpessoais.

Princípios, de Ray Dalio (Intrínseca) Toda a experiência de uma das pessoas mais influentes do mundo dos investimentos é apresentada neste livro. O autor compartilha técnicas e dicas práticas para ajudar empresas e pessoas a alcançarem suas metas. Obra traz lições valiosas para tomadas de decisões e como montar uma equipe coesa e eficiente.

Drive, de Daniel H. Pink (Riverhead Books) O segredo para a motivação e eficiência nas organizações não está nos incentivos, punições ou recompensas financeiras, mas, sim, em três pilares essenciais. Os tópicos, segundo ele, são a necessidade humana de controlar o seu destino, a obrigação de nos tornarmos melhores no que nos interessa e fazer algo que tenha significado para nós e para o mundo.

MP da Liberdade Econômica

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, na última sexta (20), a chamada MP da Liberdade Econômica. A iniciativa tem o objetivo de diminuir a burocracia e facilitar a abertura e gestão de empresas, principalmente de micro e pequeno porte.

Entre as principais mudanças, a lei flexibiliza regras trabalhistas, como dispensa de registro de ponto para empresas com até 20 empregados, e elimina alvarás para atividades consideradas de baixo risco.

A MP foi aprovada pelo Senado no dia 21 de agosto. Convertida em lei, a medida é celebrada por alguns como uma das mais importantes conquistas das MPEs, que representam 99% de todos os negócios em atividade no país.

Para os entusiastas, ela implementa uma série de mudanças que vão melhorar o ambiente de negócios.

Evento gratuito na Gávea

Nesta quinta (26), das 14h às 17h, a área de cultura empreendedora do Instituto Gênesis da PUC-Rio, na Gávea - RJ, realizará o Inove Carreiras & Negócios com foco em empreendedorismo. O evento é gratuito e tem o objetivo de promover aos participantes uma introdução nesse setor. O mercado e as possibilidades de inovação estão entre os temas abordados. Os interessados devem se inscrever pelo site Sympla.

Carteira de Trabalho Digital

Brasileiros passaram a contar, a partir desta terça-feira (24), com a Carteira de Trabalho digital, documento totalmente eletrônico e equivalente à antiga carteira. A mudança vai assegurar facilidades e empregados, com redução da burocracia e custos.

A medida deve gerar economia de R$ 888 milhões. Outra facilidade é que em vez de esperar 17 dias até a obtenção da carteira, em média, o cidadão passa a ter acesso ao documento em apenas um dia.

O documento está previamente emitido para todos os brasileiros e estrangeiros que estejam registrados no Cadastro de Pessoa Física (CPF). No entanto, cada trabalhador terá de habilitar o documento, no site www.gov.br/trabalho.

Scroll To Top