NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Rio: evento incentiva a aprendizagem "faça você mesmo"

O evento é gratuito e será realizado no dia 20 de novembro no Centro Cultural Oi Futuro

O evento é gratuito e será realizado no Centro Cultural Oi Futuro

Divulgação

A segunda edição do Fabrik+, evento que estimula a atitude “faça você mesmo”, terá em sua programação um dia inteiro dedicado à promoção e ao incentivo da educação maker, que tem como principal ponto “aprender fazendo”. O objetivo é ampliar o debate em torno deste movimento na educação, trazendo mais agentes para as rodas de conversa, gerando mais conexões e parcerias. A programação será composta por palestras, espaço para experimentação maker e apresentação de iniciativas inovadoras que vêm sendo aplicadas em salas de aula. O evento, realizado pela Semente Produções, é gratuito e será realizado no dia 20 de novembro no Centro Cultural Oi Futuro.

O movimento maker, que remete a atitude faça você mesmo, tem chamado a atenção de educadores pelo potencial de engajar estudantes em atividades de aprendizagem muito diferentes da educação tradicional. “Durante a primeira edição do Fabrik+ em 2017, identificamos que o tema sobre movimento maker estava bastante atrelado à educação. Percebemos a dimensão deste segmento e decidimos reservar um dia específico para educação”, destaca Carla Sobrosa, idealizadora do Fabrik+ e sócia da Semente Produções.

Durante as palestras serão abordados temas como o espaço maker no desenvolvimento de competências para o mundo atual, dentro e fora do âmbito profissional; aprendizagem criativa e os impactos deste ensino para crianças no ensino básico e metodologias de aula inovadora e espaço de criação.

Diversas instituições de ensino estão assimilando os conceitos dessa tendência educacional, trazendo o movimento maker para dentro da escola. Com isso, iniciativas que buscam levar essa cultura maker para a sala de aula vem se multiplicando. Para esse dia do evento, serão selecionados até 15 educadores que terão a chance de apresentar ao público os seus projetos de educação, que têm como ponto principal o aprender fazendo.

Um dos maiores benefícios do ensino maker é poder formar cidadãos aptos a pensar fora da caixa, que conseguem enxergar as coisas além do ponto de vista comum e que possam propor soluções inovadoras para diversos problemas. “Com a aprendizagem mão na massa conseguimos desenvolver nos alunos tanto as competências técnicas e acadêmicas, quanto as competências necessárias para o seu auto desenvolvimento e relacionamento com os outros, como colaboração, trabalho em equipe, empatia, zelo, criatividade e solução de problemas”, destaca Rozeani Araujo, curadora deste dia da educação do Fabrik+ e instrutora no Instituto SENAI de Tecnologia - Automação e Simulação.

No espaço de experimentação maker, o público terá a oportunidade de colocar a mão na massa e realizar pequenas experiências em cada um dos maquinários que serão disponibilizados, em um ambiente de fabricação digital, como impressão 3d e máquina de corte a laser e eletrônica. “Serão formados grupos de até três pessoas por vez de chegada para realizar pequenas experimentações em cada um desses equipamentos”, ressalta Rozeani.

O evento pretende atrair, além de educadores makers que queiram compartilhar suas experiências, educadores interessados em explorar um pouco mais sobre a cultura maker e conhecer a sua metodologia, e pessoas interessadas em experimentar as tecnologias no ambiente “faça você mesmo”. O Fabrik+ tem o patrocínio do Oi Futuro, Serede, e Hilton Copacabana.

Evento do Fabrik+ no Facebook.

Scroll To Top