NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Denúncia contra Santa Cruz é rejeitada

A Justiça Federal de Brasília rejeitou, nesta terça (14) denúncia contra o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, acusado de caluniar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O Ministério Público Federal pedia o afastamento de Santa Cruz do cargo, alegando que ele teria caluniado Moro em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, em julho passado. Na entrevista, Santa Cruz fez referência à Operação Spoofing, da Polícia Federal, responsável por investigar a invasão de celulares de autoridades da República.

O juiz da 15ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal Rodrigo Parente Paiva Bentemuller destacou que o pronunciamento do presidente da OAB "não deve ser motivo para seu desligamento temporário do cargo por determinação do Judiciário, cabendo à própria instituição avaliar, dentro de suas instâncias ordinárias, a conduta de seu presidente".

Scroll To Top