NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Festival: Niterói revive o Rock 80

Evento que vai reunir astros do gênero na Zona Sul integra a agenda de comemorações do aniversário da cidade

Biquíni Cavadão encerra a primeira noite do evento, nesta sexta-feira

Divulgação

A cidade de Niterói completa 446 anos no dia 22 de novembro e a Prefeitura preparou uma intensa agenda cultural para celebrar a data. No segundo fim de semana de comemorações, de 8 e 10, a Praça do Rádio Amador, em São Francisco, recebe o Festival Rock 80, que promete reviver os anos de ouro do rock brasileiro.

Nesta sexta (8) a agenda começa às 19h, com a banda Amákina. Logo em seguida, às 20h30, sobe ao palco a Radial 80. No repertório, músicas que marcaram a geração dos anos 80 e 90, de bandas como The Beatles, Creendence, The Smiths, Bon Jovi, Whitesnake, Legião Urbana, Paralamas, RPM, Lulu Santos e outros.

Para fechar a noite de sexta, às 22h20, a banda Biquíni Cavadão apresenta um show recheado de clássicos de seu repertório.

A banda niteroiense Hexotria abre os trabalhos no sábado, 10, às 17h45.

Às 18h15, a banda Nykity Skynyrd sobe ao palco para apresentar um trabalho de pesquisa musical em cima da obra do grupo norte-americano de rock sulista Lynyrd Skynyrd.

O encerramento da programação do sábado, às 22h30, fica por conta da banda Uns e Outros, que com 25 anos de carreira, é um ícone indiscutível do cenário pop-rock nacional dos anos 80.

No domingo, 10, às 17h45, o palco da Praça do Rádio Amador recebe o quinteto Dona Velha. Fundada em 2011, a banda foi inicialmente criada para a realização de um evento. Seu repertório engloba majoritariamente os grandes sucessos do Pop Rock nacional e internacional desde a década de 60.

Às 19h15, a Banda W se apresenta com um repertório formado basicamente pelo pop rock nacional e internacional, passeando pela MPB, e sem esquecer os clássicos da Black Music.

A partir das 20h45, será a vez do cantor e compositor Tico Santa Cruz, que apresentará seu trabalho paralelo. Quando ele não está excursionando com os Detonautas, apresenta o projeto denominado "O Rebu", que traz aos palcos músicas clássicas do período, como "Ideologia", "Pro dia Nascer Feliz", "Cowboy fora da lei", "Exagerado", "Fumando na Escuridão".

No encerramento do festival, a banda Blitz promete uma viagem ao ano de 1982, quando iniciava sua trajetória no palco do icônico Circo Voador, no Rio de Janeiro. Comandada por Evandro Mesquita, em julho daquele ano, a banda gravou "Você não soube me amar" e vendeu um milhão de cópias.

Scroll To Top